Guerra da Reconquista

Guerra da Reconquista

Por

A Guerra da Reconquista foi uma batalha travada entre cristãos e muçulmanos pelo controle da Península Ibérica. Esse foi o início da formação de Portugal.

Inicialmente, a Península Ibérica era dominada pelos visigodos, mas depois passou ao domínio muçulmano. Os cristãos germânicos partiram, então, em busca da retomada do território a partir do século VIII.

Nesse período, a cidade do Porto estava sob domínio dos invasores, e os povos ibéricos cristãos, que mantinham apenas o controle sobre as Astúrias, começaram a lutar contra os muçulmanos na batalha que ficou conhecida como Guerra da Reconquista.

Essa guerra durou muitos anos. Depois da reconquista das terras que estavam tomadas pelos muçulmanos, a região passou a se chamar Terras Portucalenses.

Nesse período, Raimundo e Henrique de Borgonha lutaram contra os mouros e receberam, como recompensa, as filhas do rei Afonso VI em casamento, além de terras.

Henrique de Borgonha ficou com o condado Portucalense e seu filho, Afonso Henriques, foi o responsável por formar a dinastia de Borgonha, que durou até 1383.

Assim, a Guerra da Reconquista pode ser chamada de conquista cristã por se tratar de um movimento ibérico cristão que teve início no século VIII para recuperar as terras perdidas para os invasores árabes.

A reconquista de todo o território da Península Ibérica durou aproximadamente sete séculos. Em Portugal, a reconquista culminou com a tomada da cidade de Faro pelas forças de D. Afonso III, em 1249.

Leia também! Assuntos relevantes