Vasco da Gama foi um navegador, administrador e explorador português do século XV. Na era dos descobrimentos, ganhou enorme projeção por ter sido o comandante dos primeiros navios portugueses que navegaram da Europa em direção às Índias, nessa que, até essa data, era considerada a viagem de navio mais longa já realizada.

Foi nomeado pelo Rei Dom Manuel I, como comandante da Frota que saiu da Europa e chegou às Índias. Foi nessa viagem que acabou se tornando uma das mais importantes da história, pois resultou em diversas rotas comerciais pelos portugueses.


Quem foi Vasco da Gama?

Nascido na cidade de Sines, em Portugal, no ano de 1469, na região que correspondia à costa sudoeste de Portugal, era filho de Estêvão da Gama e Isabel Sodré. Apesar de nascer nem pequeno povoado habitado por pescadores, sua família era nobre e abastada.

O seu pai foi um cavaleiro da Casa de Dom Fernando de Portugal, Duque de Viseu e Mestre da Ordem de Cristo. Pelos serviços prestados, foi nomeado pelo Dom Fernando como Alcaide-mor de Sines, nomeação esta que o permitia receber uma pequena parte dos impostos que eram recolhidos sobre a fabricação de sabão em Estremoz.

Retrato Pintura Vasco da Gama

Não se sabe muitas informações da infância de Vasco da Gama, mas historiadores acreditam que ele tenha estudado matemática e navegação em Évora e, pelo conhecimento que mostrou ter da área de astronomia, é possível que também tenha estudado com o astrônomo Abraão Zacuto.

Graças a esses seus conhecimentos, realizou diversas viagens. Seu pai, Estêvão da Gama, era um navegador experiente e, quando veio a falecer, Dom João II decidiu colocar Vasco da Gama no lugar do seu pai.

No ano de 1492, Dom João II o enviou ao porto de Setúbal, no sul de Lisboa, e ao Algarve, para que pudesse capturar os navios franceses em retaliação às depreciações feitas enquanto estavam em vigência os tempos de paz. Esse vandalismo pôde ser visto na navegação portuguesa.

Vasco da Gama executou a tarefa de forma rápida e eficaz.


Como foi a viagem de Vasco da Gama?

Vasco da Gama foi o comandante da expedição marítima que partiu de Lisboa, em Portugal, no dia 8 de julho de 1497 e contornou o continente africano, até conseguir chegar às Índias.

Depois de terem viajado mais de 20 mil quilômetros, eles finalmente chegaram às Índias, no dia 18 de maio de 1498, quase um ano depois. Quando chegaram em Calicute, cidade que fica situada na costa ocidental da Índia, Vasco da Gama se encontra com Samorim, e lhe oferece diversos presentes.
Entretanto, o governador local, Samutiri Manavikraman Rajá dificultou a negociação. Como as culturas e os conhecimentos eram exorbitantemente diferentes, Vasco da Gama teve muitas dificuldades para realizar essa negociação.

Vasco da Gama em suas navegações

Depois de muita negociação, o samorim, se mostrando agradado com as cartas que Dom Manuel I havia enviado, concedeu a Vasco da Gama uma carta ambígua de concessão de direitos que o autorizava a comercializar, mas acabaram partindo sem aviso após o Samorim e o chefe da Marinha, Kunjali Marakkar insistirem para que deixassem todos os seus bens como garantia.

Vasco da Gama manteve os seus bens, mas deixou alguns portugueses com ordens para iniciar uma feitoria.

Ficaram por cerca de 5 meses nas Índias, até retornarem, em outubro de 1498, quando chegaram em Lisboa em agosto de 1499.

Leia também! Assuntos relevantes