Funcionalismo

O Funcionalismo foi, primeiramente, um segmento que surgiu da Etnologia, por volta do ano de 1922. Seus fundadores são B. Malinowski, com a obra Argonauts of the Western Pacific, e outro etnólogo conhecido, o Sr. A.Radcliffe-Brown, com a obra The Andaman Islanders. Estas duas obras clássicas foram as que fizeram o primeiro planteamento funcionalista da Etnologia, com um método estabelecido. No entanto, essa teoria tem certas passagens que pensamos serem um tanto complicadas. Para isso, tentaremos elucidar para nosso leitor, primeiramente, o conceito de Função pensado segundo a Sociologia. Para esta ciência, o conceito de Função pode ser a contribuição ou necessidade que proporciona um feito social, uma estrutura ou uma Instituição (Por exemplo, a família, o direito) para conseguir determinadas condições do sistema (por exemplo autoconservação, equilíbrio ou troca social regulada). Estas manifestações sobre a Função de um feito social pressupõe-se que podem ser determinadas com precisão, e assim saber se essas situações devem ser funcionais ou disfuncionais. Em geral poder-se-á provar, para um feito social, várias Funções e para a condição do sistema podem haver também vários meios sociais funcionais. Portanto podemos classificar dois tipos de função:

a) Função manifesta - quando as conseqüências de um meio social para a conexão de determinadas condições do sistema são conhecidas e intencionadas;

b) Função Latente - quando estas conseqüências não são nem conhecidas nem intencionadas.

Podemos dizer que o Funcionalismo, segundo outro teórico conhecido, T. Parsons, constrói-se segundo o seguinte esquema: Primeiro: em uma época qualquer funciona o sistema social "S" em uma situação "Z", que aqui chamaremos de situação normal. Segundo: Isso seria válido para qualquer época, mas "S" somente funcionaria se se cumprirem as condições necessárias "N". Terceiro: Quando o sistema social "S" dispor de uma característica da classe "M" estaria cumprida a condição "N". Por fim: Algumas das características da classe "M" se passa no sistema social "S" na época "T". Certamente o leitor poderá encontrar dificuldades para poder compreender o Funcionalismo. Por isso diremos que o Funcionalismo procura delimitar as relações entre os elementos individuais de uma cultura e sua integração funcional com nosso sistema. Isto é, como diria Malinowski talvez, a idéia central do funcionalismo é o conceito de necessidade. Para ele, a função de uma instituição cultural se encontrava na satisfação das necessidades humanas.
Para Radcliffe-Browm, que anteporia o conceito de sociedade, a função de um elemento consiste em contribuir para a manutenção da estrutura social e da integração social dos indivíduos dentro da comunidade. Afora essas observações, que apenas orientarão o leitor numa pesquisa ou saciará sua curiosidade em conhecer os diversos pensamentos dos antropólogos, propomos ao leitor que procure ler as obras de Malinowski, que certamente serão de grande auxílio para se entender o Funcionalismo e a Antropologia em geral.

Fonte:
http://www.slimsite.hpg.ig.com.br/funciona.html

Leia também! Assuntos relevantes