Feudalismo e sua Crise


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Feudalismo e sua Crise

17/11/2008 - Karen Egas

O Feudalismo foi um modo de organização social e político baseado nas relações servo-contratuais (servis). Tem suas origens na decadência do Império Romano. Predominou na Europa durante a Idade Média.

A sociedade feudal era composta por duas classes sociais básicas: senhores e servos. A estrutura social praticamente não permitia mobilidade, sendo portanto que a condição de um indivíduo era determinada pelo nascimento, ou seja, quem nasce servo será sempre servo. Utilizando os conceitos predominantes hoje, podemos dizer que, o trabalho, o esforço, a competência e etc, eram características que não podiam alterar a condição social de um homem. O senhor era o proprietário dos meios de produção, enquanto os servos representavam a grande massa de camponeses que produziam a riqueza social.

Os senhores feudais conseguiam as terras porque o rei dava-as para eles. Eles eram a autoridade absoluta sendo administrador, juiz e chefe militar. Os camponeses cuidavam da agropecuária dos feudos e em troca recebiam o direito à um pedaço de terra para morar e também estavam protegidos dos bárbaros. Quando os servos iam para o manso senhorial, atravessando a ponte, tinham que pagar um pedágio, exceto quando iam cuidar das terras do Senhor Feudal.

Esse sistema se caracteriza pela exploração do trabalho servil, responsável por toda a produção. O servo não é considerado um escravo, porém não é um trabalhados livre. O que determina a condição servil é seu vínculo com a terra, ou seja, o servo está preso a terra. Ao receber um lote de terra para viver e trabalhar, e ao receber (teoricamente) proteção, o servo esta forçado a trabalhar sempre para o mesmo senhor feudal, não podendo abandonar a terra.

No mundo feudal não existiu uma estrutura de poder centralizada. Não existe a noção de Estado ou mesmo de nação. Portanto consideramos o poder como localizado, ou seja, existente em cada feudo. É importante visualizar a figura do rei que durante este período não mais exercia seu poder soberano.

O feudo era a unidade produtiva básica. Imaginar o feudo é algo complexo, pois ele podia apresentar muitas variações, desde vastas regiões onde encontramos vilas e cidades em seu interior, como grandes “fazendas” ou mesmo pequenas porções de terra. Para tentarmos perceber o desenvolvimento socioeconômico do período, o melhor é imaginarmos o feudo como uma grande propriedade rural.


Crise do Feudalismo
O feudalismo foi um sistema político, econômico e social que predominou durante toda a Idade Média. Mas, já no final da Idade Média, o uso da terra, fundamental para o povo naquele período, foi perdendo a força. Os campos foram abandonados e o comércio nascia fortalecido.

Depois de longos anos de devastação e desordem, começava certa estabilidade econômica. O castelo, centro das atividades econômicas, ia perdendo sua importância. O progresso do comércio artesanal, as feiras medievais, a cidade burguesa incompatível com o feudo ofereciam chances de lucro e atrativos do comércio.

A partir do século XII, ocorreram várias transformações na Europa que contribuíram para a crise do sistema feudal:
--> O renascimento comercial impulsionado, principalmente, pelas Cruzadas;

--> O aumento da circulação das moedas, principalmente nas cidades. Este fator desarticulou o sistema de trocas de mercadorias, característica principal do feudalismo;

--> Desenvolvimento dos centros urbanos, provocando o êxodo rural (saída de pessoas da zona rural em direção às cidades). Muitos servos passaram a comprar sua liberdade ou fugir, atraídos por oportunidades de trabalho nos centros urbanos;

--> As Cruzadas proporcionaram a volta do contato da Europa com o Oriente, quebrando o isolamento do sistema feudal;

--> O surgimento da burguesia, nova classe social que dominava o comércio e que possuía alto poder econômico. Esta classe social foi, aos poucos, tirando o poder dos senhores feudais;

--> Com o aumento dos impostos, proporcionados pelo desenvolvimento comercial, os reis passaram a contratar exércitos profissionais. Este fato desarticulou o sistema de vassalagem, típico do feudalismo.

No final do século XV, o feudalismo encontrava-se desarticulado e enfraquecido. Os senhores feudais perderam poder econômico e político. Começava a surgir as bases de um novo sistema, o CAPITALISMO.

Bibliografia
GUZZO, Maria Auxiliadora. Enciclopédia do estudante: história geral. São Paulo: Moderna, 2008

Enciclopédia Barsa, volume 5. Encyclopedia Britannica Editares Ltda. Rio de Janeiro : Melhoramentos,1964, p.257-259

Enciclopédia Barsa, volume 9. Encyclopedia Britannica Editares Ltda. Rio de Janeiro : Melhoramentos,1964, p.64

O Ciclo do Capitalismo. Por Janisson Nascimento. Publicado em: julho 07, 2007. Disponível em: Acessado em 15.09.2008

O que é Capitalismo? Fonte: Colégio Santo Agostinho – RJ. Publicado em 25/12/2007. Disponível em Acessado em 15.09.2008

O Capital, por Mansoe, Publicado em: janeiro 05, 2007. Disponível em . Acessado em 24.09.2008.

Capitalismo. Wikipédia, a enciclopédia livre. Publicado em setembro 23, 2008. Disponivel em Acessado em 24.09.2008

Mundo Vestibular. Capitalismo, Segunda Parte. Disponível em: Acessado em 25.09.2008


Texto enviado às 23:27 - 16/11/2008
Autor: Karen Egas





Saiba mais

Buscas relacionadas a Feudalismo e sua Crise em História.

[ Pesquisa escolar lida 51895 Vezes - Categoria: História ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Feudalismo em Portugal
Feudalismo em Portugal, com base na mais recente historiografia, considera-se terem vigorado em Portugal instituições de tipo feudovassálico, assentes...
Lido: 9054 Vezes

História do Capitalismo - Sistema Capitalista
Dóllar : moeda americana é o símbolo do capitalismo moderno Sistema econômico e social que se caracteriza pela propriedade privada dos meios de pro...
Lido: 11330 Vezes

Fases do Capitalismo
O capitalismo, sistema político e financeiro que tem como base o desenvolvimento econômico e o lucro, surgiu há pelo menos 500 anos, sendo modificado ...
Lido: 12250 Vezes

História do Capitalismo
O capitalismo tem seu início na Europa. Suas características aparecem desde a baixa idade média (do século XI ao XV) com a transferência do centro da ...
Lido: 36959 Vezes

Karl Marx e o Capitalismo
Filósofo e economista, o judeu-alemão, Karl Marx foi um dos maiores pensadores do século XIX. Marx tinha uma visão otimista dos destinos da humanidade...
Lido: 154719 Vezes

Capitalismo Industrial
O capitalismo industrial é uma nova fase desse sistema econômico, que surge em meio a um processo de revoluções políticas e tecnológicas, na segunda m...
Lido: 96682 Vezes

Estão lendo agora:

Santos Dumont (1873-1932)
(Aeronauta brasileiro) 23-7-1873, Palmira (MG) 23-7-1932, ...
Lido às 21:22:50 - 17/04/2014
Comidas Típicas - Região Norte do Brasil
Ao Norte do Brasil, região que se espalha por 3.869.637,99km...
Lido às 21:22:49 - 17/04/2014
Répteis
Os répteis foram os primeiros vertebrados a conquistar, com ...
Lido às 21:22:48 - 17/04/2014
Os Ácidos Nucléicos
Existem dois tipos básicos de ácidos nucléicos: O ÁCIDO ...
Lido às 21:22:46 - 17/04/2014
Pitágoras
A vida Embora a existência histórica de Pitágoras seja por ...
Lido às 21:22:45 - 17/04/2014
Região Sudeste do Brasil
Desde o início da colonização de Brasil, os portugueses, sab...
Lido às 21:22:43 - 17/04/2014

Sugestão de Busca Escolar

Sites

Encceja
Enem
SISU
Prouni
Paixão e Amor
Curiosidades
Relacionamento

Fale Conosco
Feed / RSS

Comunidade no Google +
Comunidade no Twitter


Novidades no seu e-mail

Estudantes Online
Sobre o Grupo Escolar

GrupoEscolar.com - Todos direitos reservados

Todo o conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado pelos estudantes.

Caso algum conteúdo infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos o mesmo.

As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade dos seus autores.

Somos apenas um veículo de comunicação e não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.