Fernando Pessoa

Fernando Pessoa

Por

Fernando António Nogueira Pessoa nasceu em Lisboa, no dia 13 de Junho de 1888. Ele foi um talentoso escritor e poeta, que marcou gerações com seus poemas de amor. Fernando Pessoa também atuou como filósofo e é considerado o poeta português mais universal da história.

Fernando Pessoa estudou na África do Sul. Ele já foi eleito como um dos 26 melhores escritores da civilização ocidental. O poeta também traduziu várias obras em inglês e trabalhou como editor, astrólogo, publicitário, jornalista, crítico literário e crítico político.

Em sua trajetória na poesia, ele usou diversos heterônimos, entre eles Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro. Na infância, Fernando Pessoa perdeu sua mãe aos 5 anos de idade e passou a ser criado por seu padrasto, João Miguel Rosa, que foi cônsul de Portugal em Durban, na África do Sul.

Em Lisboa, o poeta cursou filosofia e atuou como crítico literário. Em 1915, ele se tornou líder de um grupo de intelectuais e fundou a revista Orfeu. Os poemas de maior sucesso do escritor são: Ode Triunfal, A barca, Aniversário, Autopsicografia, À Emissora Nacional, Amei-te e por te amar..., Elegia na Sombra, entre outros. Outras obras de destaque foram: Do Livro do Desassossego, Ficções do interlúdio: para além do outro oceano, Na Floresta do Alheamento e O Banqueiro Anarquista.

Fernando Pessoa morreu em Lisboa, no dia 30 de novembro de 1935. O poeta desenvolveu uma cirrose hepática por causa do grande consumo de bebida alcoólica ao longo de sua vida.

Leia também! Assuntos relevantes