Érico Veríssimo

Érico Veríssimo

Por

Érico Lopes Veríssimo nasceu em Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, em 17 de dezembro de 1905. Ele estudou no Colégio Elementar Venâncio Aires e no Colégio Cruzeiro do Sul.

Veríssimo demonstrou interesse e paixão pelo universo dos livros desde jovem. Ele tinha um ótimo desempenho nas aulas de literatura, inglês e francês.

O primeiro trabalho do escritor foi no Banco Nacional do Comércio. Em seguida, ele se tornou sócio na Pharmacia Central. Neste período, Érico Veríssimo também dava aulas particulares de literatura e inglês.

Em 1930, vivendo em Porto Alegre, Veríssimo foi contratado para o cargo de secretário de redação da “Revista do Globo”. Em 1931, ele se casou com Mafalda Halfen Volpe.

Na trajetória profissional do escritor, ele realizou diversas traduções, colaborou com jornais e revistas e trabalhou no departamento editorial da “Livraria do Globo”. O primeiro livro lançado pelo escritor foi “Fantoches”, uma coletânea de peças de teatro. Em seguida, vieram os romances “Clarissa”, “Música ao longe” e “Caminhos cruzados”.

Em 1936, publica seu primeiro livro infantil, “As aventuras do avião vermelho”. Um de seus maiores sucessos, “Olhai os lírios do campo”, foi lançado em 1938.

Em 1941, o autor passou a viver nos Estados Unidos, onde, mais tarde, começou a dar aulas de Literatura e História do Brasil na Universidade da Califórnia. Em 1946, publicou “A volta do gato preto”, que retrata a sua vida nos Estados Unidos. Depois disso, o escritor se dedicou a escrever sua grande obra “O tempo e o vento”, que se tornou uma trilogia e teve uma adaptação para a tv.

Nos anos que se seguiram, Érico Veríssimo se manteve ativo na literatura, lançando grandes obras como “O ataque” e “O arquipélago”. Em 1961, o autor sofreu um infarto do miocárdio. O escritor faleceu de um mal súbito no dia 28 de novembro de 1975.

Leia também! Assuntos relevantes