Ditadura de Francisco Franco

Ditadura de Francisco Franco

Por

A ditadura de Francisco Franco durou 39 anos na Espanha. Ele foi um militar conservador, chefe de Estado e responsável por um longo regime autoritário que começou durante a Guerra Civil Espanhola, entre os anos de 1936 e 1939.

Franco conquistou o poder depois de triunfar num golpe militar contra a Frente Popular e assumir o governo geral das Canárias. Em 1º de outubro de 1936, ele foi nomeado chefe de Estado.

Depois disso, deu continuidade ao governo ditatorial até junho de 1973 ocupando os cargos de chefe de Estado, chefe do Governo e chefe do Exército. Francisco Franco ficou conhecido por ser pouco simpático e dono de uma frieza impressionante.

Ele foi o mentor da repressão à Revolução das Astúrias (1934) e do golpe de Estado que o levou ao poder. Durante o governo de Franco, o ditador acabou com a resistência militar no país e aumentou a repressão, a tortura e os fuzilamentos dos adversários.

O governo de Franco ficou conhecido como franquismo. Esse foi um dos sistemas políticos mais repressivos e autoritários da Europa.

Durante a ditadura de Francisco Franco vários livros foram censurados e queimados, os partidos políticos foram proibidos e várias medidas foram tomadas para evitar a volta da democracia.

Franco foi responsável por criar a Constituição da Espanha, na qual determinava a volta da Monarquia. No entanto, o regime monárquico só voltaria à Espanha depois da morte do general, em 1975, quando o príncipe Juan Carlos subiu ao trono e a Espanha foi reconduzida à democracia.

O general Francisco Franco esteve à frente de sua ditadura fascista até sua morte, em 1975.

Leia também! Assuntos relevantes