Desenvolvimento Sustentável

O termo desenvolvimento sustentável é usado para dar nome ao modelo econômico que tem como objetivo a conciliação entre o desenvolvimento econômico e a preservação, junto à manutenção, dos recursos naturais disponíveis. A definição, para a ONU, Organização das Nações Unidas, é “aquele que satisfaz as necessidades presentes sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades”, apresentado no ano de 1987, que recebeu o nome de “Nosso Futuro Comum”.


São duas as principais preocupações do desenvolvimento sustentável, sendo elas a preservação do meio ambiente para as futuras gerações, garantindo, como mencionado anteriormente, que tenham recursos naturais para que sua subsistência, assim como dos demais seres vivos, seja possível; e a redução na fome e na pobreza do mundo que, segundo o estudo realizado pela ONU, além de causar, é provocada também por esse desequilíbrio ecológico, assim pelos altos padrões de consumo alimentados na sociedade.


Existem, na natureza, alguns recursos naturais que não são renováveis, ou seja, não se renovam naturalmente ou por intervenção humana. São eles, por exemplo, o petróleo e os minérios. Ainda que existam, na natureza, os denominados recursos naturais renováveis que, teoricamente, se renovam naturalmente, é preciso que sejam adotadas medidas para a conservação de ambos, já que não se trata de recursos inesgotáveis. Para que continuem disponíveis no futuro, além de diminuir e, se possível, eliminar os impactos gerados pela exploração predatória, é preciso tomar alguns cuidados.

Sustentabilidade

Medidas sustentáveis

São medidas que podem ser adotadas, não somente pelos governos, mas também por indivíduos e pela sociedade civil geral, para proteger os recursos naturais, a redução ou eliminação do desmatamento, o reflorestamento das áreas naturais que foram devastadas, a preservação das áreas de proteção ambiental, a fiscalização diante de atos de degradação do meio ambiente, a política dos 3 R’s (Reduzir, reutilizar e reciclar) ou dos 5 R’s (Repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar), contenção na produção de lixo e direcionamento correto do mesmo, diminuição nas queimadas e na emissão de poluentes na atmosfera (por chaminés de indústrias, escapamento de veículos, entre outros), adoção de meios de conscientização política e social destas medidas, entre outras.


Resumo sobre Desenvolvimento Sustentável

Desenvolvimento sustentável é garantir ao homem a evolução e a satisfação de suas necessidades no presente, sem comprometer o futuro.

O conceito de desenvolvimento sustentável está muito na moda, mas nem todas as pessoas compreendem o que ele significa. Na prática, o desenvolvimento sustentável é uma forma de gestão política e econômica que se preocupa em buscar a evolução e o desenvolvimento das nações, satisfazendo as necessidades da geração atual, sem comprometer o futuro das gerações que virão.

O desenvolvimento sustentável seria capaz de possibilitar um nível adequado de desenvolvimento social e econômico no presente sem comprometer os recursos naturais necessários para as próximas gerações. Isso também implica preservar o meio ambiente, as espécies e os habitats naturais.

O desenvolvimento sustentável depende de planejamento, consumo consciente, fontes renováveis de geração de energia, preservação das fontes de água potável do planeta, entre outras medidas. Para que esse tipo de desenvolvimento seja possível, todas as nações do mundo precisam se unir e readequar suas economias.

O conceito de desenvolvimento sustentável surgiu em 1972, na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, realizada em Estocolmo, na Suécia. Hoje, o desenvolvimento sustentável está dividido em sustentabilidade ambiental, sustentabilidade econômica, sustentabilidade sociopolítica e sustentabilidade cultural.

Leia também! Assuntos relevantes