Café Filho

Por

João Fernandes Campos Café Filho foi presidente do Brasil. O político nasceu em 3 de fevereiro de 1889, na cidade de Natal. Café Filho iniciou sua vida política em 1933, quando fundou o Partido Social Nacionalista.

Café Filho foi presidente do Brasil de 24 de agosto de 1954 a 8 de novembro de 1955. Na juventude, ele trabalhou no comércio, atuou como jornalista e estudou Direito na Academia de Ciências Jurídicas e Comerciais do Recife.

O político participou da aliança Liberal de 1930, e também fundou o Partido Social Progressista de Adhemar Pereira de Barros. Em 1934, ele se elegeu deputado federal.

Em 1950, graças a um acordo feito com o governador de São Paulo, Adhemar de Barros, Café Filho ingressou na chapa de Getúlio Vargas como candidato a vice-presidente. Eles acabaram eleitos para o governo do Brasil, mas o suicídio de Getúlio fez com que Café Filho assumisse a presidência em 24 de agosto de 1954.

Por problemas de saúde e depois de ter sofrido um ataque cardíaco, Café Filho passou o cargo de presidente do Brasil ao então presidente da Câmara, Carlos Luz.

Em 1961, ele passou a ocupar o cargo de ministro do Tribunal de Contas do Estado da Guanabara. Café Filho morreu em 20 de fevereiro de 1970, aos 71 anos, no Rio de Janeiro.

Leia também! Assuntos relevantes