Augusto Comte

Augusto Comte

Por

Auguste Comte (1798-1857)
Auguste Comte foi o criador do pensamento positivista. Nasceu na França, na cidade de Montpellier onde iniciou também seus estudos, no ano de 1814 começou a estudar medicina na Escola Politécnica de Paris e acabou sendo conhecido devido ao seu cargo de secretário do socialista Saint-Simon, que acabou rompendo a amizade anos depois devido a divergências ideológicas.

Auguste, em seus anos de estudos e reflexões passou a pensar a respeito de uma possibilidade de esboçar uma de suas teorias, que era a de uma sociedade organizada. No ano de 1822, lança o livro Plano de Trabalhos Cientificos para Reorganizar a Sociedade, e alguns anos depois, mais exatamente em 1830 deu início ao seu novo trabalho, Curso de Filosofia Positiva que acabou sendo concluído 12 anos depois, e no ano de 1848, Comte criou uma sociedade positivista baseado em suas reflexões e ideias.

No livro escrito em 1848, Discurso sobre o Espírito Positivo, o filósofo afirma que a filosofia do positivismo que compreende a inteligência, ações positivas e os sentimentos, é muito mais importante que a cientificidade que compreende apenas as perguntas intelectuais. Em outro trabalho, Comte inicia uma ideia a respeito de uma Religião da Humanidade que tem como raízes a busca pela unidade moral da humanidade.

O trabalho positivista de Auguste Comte é mais influente do que poderíamos imaginar. Uma prova dessa importância para a história da filosofia é a própria frase que estampa a bandeira brasileira: Ordem e Progresso, que foi inspirada na seguinte expressão de Comte: amor como princípio, ordem como base e progresso como objetivo. As ideias defendidas por Comte não inspiraram apenas o Exército Brasileiro como também até mesmo a proclamação da República no ano de 1889.

Auguste Comte em sua filosofia positivista instigava uma sociedade organizada, onde a espiritualidade não teria nenhuma importância ou fundamento, desta forma, os cientistas e sábios seriam os responsáveis por todas e quaisquer decisões em prol da sociedade, em vista que, religiosos poderiam relevar determinadas decisões baseado nas escrituras ou nos dogmas da própria igreja. Uma das grandes máximas de Comte é: não há problema que não possa em última instância ser reduzido a números.

No dia 5 de Setembro de 1857, em Paris, França, Auguste Comte falece.

Abaixo, uma lista com os trabalhos do filósofo:
Plano de Trabalho Científico para Reorganizar a Sociedade, 1822
Opúsculos de Filosofia Social, 1816-1828
Curso de Filosofia Positiva, 1830-1842
Discurso sobre o Espírito Positivo, 1848
Discurso sobre o Conjunto do Positivismo, 1848
Catecismo Positivista, 1852
Sistema de Política Positiva, 1851-1854
Apelo aos Conservadores, 1855
Síntese Subjetiva, 1856

Leia também! Assuntos relevantes