O Cristo Redentor é uma das maiores obras construídas pelo homem. Localizado no Morro do Corcovado, no bairro de Santa Teresa, no Rio de Janeiro, o Cristo Redentor é o cartão postal do Brasil para o mundo.

Inaugurado no ano de 1931, a estátua foi construída para comemorar os 100 anos de independência do Brasil, e todo o dinheiro para a construção do monumento veio através de doações. Foram necessários 10 anos para juntar todo o dinheiro dos doadores para viabilizar a construção da estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro.

O Cristo Redentor é um grande símbolo do Cristianismo presente no país, estando localizado no Parque Nacional da Tijuca, e foi projetado pelo engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa, que contou com o auxílio do pinto Carlos Oswald e do escultor Paul Landowski Maximilien.

No ano de 2007, o Cristo Redentor foi eleito uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno e no ano de 2012, foi incluído na lista de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Construção do Cristo Redentor

Quando começou a se imaginar a construção do monumento?

O padre francês Pierre-Marie por volta de 1859 teve a ideia de construir um monumento religioso na cidade. Esse pensamento ficou guardado até o ano de 1921 onde o projeto da construção começou a ganhar mais força entre os católicos.

Cabeça, montagem e construção do Cristo Redentor, Foto antiga

Chegaram a escolher três lugares para servir de abrigo para o monumento: o Morro do Corcovado, o Morro de Santo Antônio e o Pão de Açúcar. Assim como os três lugares foram apresentados três projetos e, dentre eles, o vencedor foi do Heitor da Silva Costa.

Em setembro de 1923, iniciou-se uma campanha para arrecadação do dinheiro para a construção do Cristo. Pelo projeto, a obra duraria cerca de 9 anos para ficar pronta, compreendida entre os anos de 1922 e 1931.

Imagem aerea da construção do Cristo Redentor

Depois de muito trabalho, no dia 12 de outubro de 1931, o monumento foi finalmente inaugurado. A data escolhida corresponde ao dia da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.


Algumas curiosidades sobre o Cristo Redentor


Morro do Corcovado, silhueta do Cristo Redentor

A estátua do Cristo Redentor foi toda construída na França, pelo artista Paul Landowski. Depois de finalizada, a obra foi enviada para o Brasil, sendo que ela não veio inteira. Para facilitar o seu transporte, o monumento foi feito em pedaços, chegando ao Rio de Janeiro dessa forma. Só a cabeça do Cristo era constituída por 50 pedaços;

O estilo utilizado na arte foi o Arte Déco. O monumento do Cristo Redentor possui 38 metros de altura, estando incluso o seu pedestal e 28 metros de largura;

Cristo Redentor

A forma utilizada para levar as peças do Cristo Redentor até o alto do morro foi a mesma que até hoje é utilizada para fazer o transporte das pessoas: o mesmo trem do Corcovado;

A estátua do Cristo Redentor está a 709 metros acima do nível do mar e o seu peso é de 1145 toneladas;

O material escolhido para confeccionar a estátua foi a pedra-sabão, pois ela era a mais resistente em relação à erosão e era encontrada em grandes quantidades no país.

Leia também! Assuntos relevantes