Colesterol

Doenças
Por

O que é o colesterol?

O colesterol é um tipo de gordura que pode ser encontrado no organismo humano. Chamado também de lipídio, o colesterol é naturalmente produzido pelo corpo humano, mas também é adquirido por meio de alimentos de origem animal, como as carnes, o leite e os ovos.

No organismo, o colesterol contribui para a produção de hormônios e da Vitamina D. Contudo, quando o corpo apresenta excesso de colesterol, a gordura se acumula na corrente sanguínea, podendo ocasionar doenças cardiovasculares.

O colesterol é encontrado nas células. Quando o teor de gordura é muito alto, é fundamental seguir uma dieta equilibrada e consultar um médico para obter uma medicação e tratamento adequados. Para evitar o colesterol alto é preciso manter uma vida saudável, com uma dieta com pouca gordura e com a prática de atividades físicas regulares.

Existem dois tipos principais de colesterol no organismo: o HDL e o LDL.


Confira as diferenças:

O colesterol circula no corpo humano através de proteínas, gerando as lipoproteínas, entre elas LDL - low density, e HDL - high density. Assim, temos o colesterol bom e ruim.

Colesterol HDL – É o bom colesterol produzido pelo organismo. O nível do colesterol HDL precisa estar equilibrado para garantir a saúde. As pessoas saudáveis devem ter o colesterol HDL acima de 40mg/dl.

Colesterol LDL – É o mau colesterol, e alcança níveis preocupantes quando está acima de 130 mg/dL. O colesterol LDL provoca o acúmulo de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos. Isso pode levar a ataques cardíacos e AVCs.

LDL Colesterol

A soma de todos os tipos de colesterol presentes no corpo dá origem ao chamado Colesterol Total, que demonstra o nível de gordura no sangue. Pessoas com colesterol alto podem apresentar tendência genética. O problema também é comum em pessoas com obesidade e outras doenças.

Para evitar qualquer tipo de reação mais grave por conta do colesterol alto, mantenha uma constante rotina de exercícios físicos e alimentação saudável. Faça também check-ups médicos, com exames de sangue para definir o nível do colesterol total.

O HDL é bom porque a gordura é direcionada para o fígado para ser metabolizada. Já o LDL é considerado o colesterol ruim, que pode se acumular nas artérias, inflamando as paredes arteriais e causando complicações graves, como o seu entupimento.


Como evitar seus excessos?

O colesterol é um dos principais responsáveis por doenças cardiovasculares, em especial aterosclerose e infartos, sendo que, em 50% dos casos de infartos, o paciente apresenta níveis elevados de colesterol.

Ilustração, excessos consumo de gordura

Mais de 40% das pessoas no Brasil possuem colesterol elevado, um tipo de gordura encontrado no sangue, responsável pelo funcionamento celular, pela produção de vitaminas, entre elas a D, além de ser essencial para que alguns hormônios estejam dentro dos parâmetros esperados para uma boa saúde. O colesterol é mais comum nos adultos do que nos jovens, embora esteja se tornando mais fácil encontrar pessoas com menos de 18 anos de idade com colesterol alto.

Se o colesterol estiver alto demais, ele deixa de fazer bem para o nosso organismo e se torna um grande vilão para a saúde, principalmente para a saúde do coração e das artérias em geral, causando também derrame.

Quais são os níveis ideais de colesterol?

O limite para o colesterol total é de até 190 mg/dl e pode ser medido através do exame de sangue. O HDL deve ser superior a 40 mg/dl. Já o LDL deve ser menor do que 50 mg/dl para pessoas com risco muito elevado de problemas vasculares, 70 mg/dl para risco alto, 100 mg/dl para risco médio e 130 mg/dl para risco baixo. Os valores de referência são para pessoas maiores de 20 anos.


Como evitar o excesso de colesterol?

Se o seu colesterol estiver alto, a orientação é manter o peso corporal dentro do desejado e praticar atividade física, além de adotar uma dieta pobre em gorduras animais. São fontes de colesterol alimentos gordurosos, entre eles os seguintes:

  • Alguns tipos de carnes vermelhas;
  • Leite e seus derivados, como queijos amarelos, manteiga, requeijão;
  • Banha de porco;
  • Bacon;
  • Entre outros.

Existem muitas restrições alimentares para quem precisa evitar o excesso de colesterol. Em geral, o paciente precisa evitar alimentos de origem animal, embutidos, processados e industrializados.

Também existem alimentos ricos em colesterol bom, como o azeite de oliva, sardinha (mesmo em lata), nozes e o abacate, que são recomendados para elevar os níveis de HDL.

Compartilhe