Usos do Solo

Por

Chamamos de solo vegetal a camada que, em determinadas regiões, reveste a superfície da Terra e é rica em elementos nutritivos. Desta amada dependemos para a produção de alimentos.



Um tipo de solo é caracterizado não só pelos seus componentes, mas também pela topografia e pelo clima, do qual sofre grande e determinante influência. O solo pode ser considerado como um corpo vivo. Portanto, em constante transformação.



Se as práticas agrícolas forem científicas, isto é, realizadas de modo que permitam ao solo conservar ao máximo sua capacidade natural de produção, este não correrá perigo de esgotamento. O emprego, porém, de fertilizantes químicos, de inseticidas, e as práticas contra-indicadas de aração podem conduzir a resultados, desastrosos, prejudicando o rendimento agrícola.



O sistema indevido de preparo do solo pode causar a erosão, quando a camada fértil da terra desprotegida é carregada pelas chuvas e pelos ventos. Técnicas racionais de aração, baseadas no relevo do solo, e o emprego de vegetais protetores impedem a destruição da camada fértil.



A proteção do solo deve ser uma das principais preocupações ecológicas. É preciso rever métodos agrícolas imediatistas, capazes de causar prejuízos incalculáveis. A natureza é sábia. Não é racional que levianamente destruamos os meios que ela concede para tornar possível a vida

Leia também! Assuntos relevantes