Período Regencial Brasileiro


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Período Regencial Brasileiro

Por Juliana, Grupo Escolar

O Período Regencial ocorreu no Brasil do ano de 1831 a 1840. Esse momento histórico foi resultado do Golpe da Maioridade, que colocou Dom Pedro II no poder.

Este foi um período marcado por conflitos políticos e armados no Brasil. Diversas revoltas regenciais aconteceram ao longo de todo o território nacional.

O contexto que antecedeu o Período Regencial foi marcado por um Império que já sofria com a oposição de diversos grupos, e essa situação, somada à crise econômica, levou D. Pedro I a abdicar ao trono brasileiro, voltando para Portugal. Foi exatamente neste momento que seu herdeiro D. Pedro II se tornou o segundo imperador do Brasil.
No entanto, como Dom Pedro II era menor de idade e não poderia governar, instaurou-se um governo regencial, no qual a classe política brasileira determinou que o país deveria ser comandado de maneira provisória por regentes até que o monarca alcançasse idade suficiente para assumir o trono.

Dom Pedro II ficou sob a tutela de José Bonifácio, um ilustre político da época do Primeiro Reinado. Durante todo o período regencial, os grupos políticos próximos à corte imperial tomaram as principais decisões no Brasil.

O período começou com a regência “trina e provisória”. Mais tarde, criou-se o governo regencial “permanente e uno”. As regências sofreram diversas críticas de grupos que defendiam a autonomia dos estados.

Entre os principais conflitos que envolveram os grupos federalistas e o governo regencial, podemos citar a Revolta Farroupilha, ocorrida no Rio Grande do Sul; a Balaiada, no Maranhão; e a Sabinada, na Bahia. Todos os movimentos defendiam o sistema federalista, com maior autonomia aos estados e independência.

Em resumo, o Período Regencial e o Golpe da Maioridade tinham como objetivo fortalecer o regime monárquico e unificar o território brasileiro, centralizando o poder. Entretanto, esse regime encontrou forte oposição.

Pode-se dizer que o Período Regencial teve três partes: as Regências Trinas (1831-1835), a Regência una de Feijó (1835-1838) e a Regência una de Araújo Lima (1838-1840).






Leia também! Assuntos relevantes.

Ciclo do Café - História do Brasil
O café foi, durante muito tempo, o produto mais importante do Brasil, sendo responsável por sustentar a economia do país. Na segunda década do século ...

História do Brasil - Os nomes do Brasil
Os nomes do Brasil * Pindorama (nome Índigena) * Ilha de Vera Cruz (1500) * Terra Nova (1501) * Terra dos Papaguaios (1501) * Terra de ...

História do Brasil - Brasil 500 Anos
Brasil - 500 Anos Em 1992, por ocasião dos 500 anos de viagem de Colombo, ouve intenço e extenso debate nas Américas e na Europa sobre o vocabulário ...

História do Brasil - Bandeiras Históricas
Bandeiras Históricas do Brasil - O que é uma bandeira nacional? - O Brasil possuía uma bandeira nacional antes de sua independência política em 18...

História do Brasil - Pedro Álvares Cabral
Pedro Alvares Cabral chega ao Brasil Em 1500, o rei de Portugal D. Manuel, organizou uma poderosa esquadra com dez naus, duas caravelas e 1.500 homen...

Companhia de Comércio - História do Brasil
Companhias mercantis organizadas pelos Estados colonialistas para aumentar a produção, enfrentar melhor a concorrência estrangeira e tornar mais efici...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2016 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados