Oswaldo Cruz

Por

Oswaldo Gonçalves Cruz nasceu em São Luiz do Paraitinga, no dia 5 de agosto de 1872. Ele foi um médico, cientista e sanitarista, e teve um papel importante no desenvolvimento de programas de saúde pública no Brasil.

Oswaldo Cruz foi pioneiro nas pesquisas de doenças tropicais. Em 1900, ele fundou o Instituto Soroterápico Nacional, no Rio de Janeiro, que mais tarde receberia o nome de Instituto Oswaldo Cruz. O sanitarista era filho do médico Bento Gonçalves Cruz e de Amália Taborda de Bulhões Cruz.

Oswaldo Cruz estudou no Colégio Laure, no Colégio São Pedro de Alcântara e no Externato Dom Pedro II. Aos 15 anos de idade, ele ingressou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Em sua trajetória profissional, Cruz demonstrou grande interesse pela microbiologia.

Oswaldo Cruz se especializou em Bacteriologia no Instituto Pasteur, em Paris. Ao retornar ao Brasil, o médico encontrou o país vivendo uma epidemia de peste bubônica e começou a trabalhar para combater a doença. Algum tempo depois, Oswaldo Cruz foi nomeado Diretor geral de Saúde Pública do Brasil.

Uma das principais medidas de saúde de Oswaldo Cruz foi o combate à febre amarela. O médico sofreu com a reação e a revolta popular contra suas medidas sanitaristas, num conflito que ficou conhecido como “Revolta da Vacina”. Mesmo com os problemas, Oswaldo Cruz não desistiu de suas ações de saúde e, em 1907, a febre amarela estava erradicada do Rio de Janeiro.

O médico também comandou campanhas de saneamento da Amazônia. Em 1913, ele foi eleito para a Academia Brasileira de Letras.

Em 1915, Oswaldo Cruz se mudou para Petrópolis. O médico morreu no dia 11 de fevereiro de 1917, vítima de insuficiência renal, aos 44 anos de idade.

Leia também! Assuntos relevantes