O Manifesto Comunista

O Manifesto Comunista

Por

O Manifesto Comunista é uma obra escrita por Karl Marx e Frederich Engels, e publicada pela primeira vez em 1848. O texto apresenta as ideias do comunismo e critica a desigualdade social, os burgueses, o capitalismo e as classes sociais.

A obra é destinada ao proletariado e incentiva a luta de classes, onde o oprimido deve se rebelar contra o opressor, promovendo uma transformação revolucionária.

O Manifesto Comunista critica o uso da máquina no lugar dos homens e a indústria. O primeiro capítulo, intitulado “Burgueses e Proletários”, fala de uma maneira geral sobre a relação entre a burguesia e o proletariado e critica os ideais capitalistas.

O texto critica ainda a produção capitalista, as conseqüências da organização social e os poderes monárquicos e religiosos. O Manifesto incentiva a revolução dos trabalhadores.

O segundo capítulo recebeu o nome de “Proletário e Comunista”, onde são abordadas as relações entre o partido comunista e os trabalhadores.

O terceiro capítulo se chama “Literatura Socialista e Comunista”, e critica o Socialismo feudal, o Socialismo pequeno-burguês e o Socialismo alemão.

O quarto capítulo dá uma ideia geral do manifesto e incentiva a união do proletariado pela causa comunista.

O tipo de socialismo apresentado por Marx e Engels na obra “O Manifesto Comunista” ficou conhecido como Socialismo Científico.

Leia também! Assuntos relevantes