História da Educação Física

História da Educação Física

Por

A história da educação física nos remete aos tempos primitivos, pois as atividades físicas sempre fizeram parte da natureza humana. As antigas populações da Grécia, por exemplo, valorizavam muito o desenvolvimento das habilidades corporais e os desafios. Por isso, elas criaram as Olimpíadas e estimularam a disputa esportiva e o aprimoramento de diversas modalidades.

Atividades como correr, nadar, cavalgar, levantar e pular sempre estiveram conectadas com a realidade humana. Com o passar dos anos, o que aconteceu foi que as práticas esportivas foram formalizadas dentro da área da Educação Física e passaram, inclusive, a fazer parte do currículo escolar em todos os países do mundo.

No Brasil, a educação física como disciplina formal foi implantada nas escolas no século XIX, durante o Brasil Império. Os portugueses instituíram leis que incluíam a ginástica na grade de ensino.

Inicialmente, as atividades da educação física tinham um foco militar e eram destinadas apenas aos meninos. Com o decorrer da história, no entanto, a ginástica e outras atividades físicas e funcionais ganharam espaço e se tornaram importantes para o desenvolvimento físico e mental dos estudantes, sendo democratizadas para meninos e meninas.

A profissionalização da Educação Física no Brasil começou na República, mas só a partir da década de 1960 é que esta área começou a ser realmente estimulada com políticas públicas. A partir da década de 80, o esporte de alto rendimento entrou no cenário nacional e passou a transformar as estruturas e o apoio para as modalidades, dando início à formação de uma geração de campeões.

Leia também! Assuntos relevantes