Friedrich Nietzsche

Friedrich Nietzsche foi filósofo, escritor e poeta. De origem alemã, Nietzsche foi considerado um dos mais importantes filósofos do século XIX.

Friedrich Nietzsche nasceu no dia 15 de outubro de 1844, na vila de Röcken, na Alemanha. Entre suas obras, destacam-se "O Anticristo" e "Assim Falava Zaratustra".


Vida e obra de Friedrich Nietzsche

Aos 5 anos de idade, Nietzsche ficou órfão de pai, que foi vítima de um derrame cerebral e morreu. Apenas seis meses após este fato, o irmão mais novo de Nietzsche também morreu. Depois disso, sua família se mudou para Naumburg, e ele passou a viver com sua mãe, sua avó, sua irmã e algumas tias.

Durante a adolescência, Nietzsche estudou na escola Schulpforta. Neste período, ele se dedicou à criação de um clube de literatura e música. Nietzsche era de família luterana.

Ele estudou na Universidade de Leipzig e dedicou seus estudos à formação filosófica. Anos mais tarde, devido ao seu desempenho exemplar e sua formação em filosofia clássica, se tornou professor na Universidade de Basileia.

Friedrich Nietzsche foi extremamente influenciado pelo pensamento grego antigo. Em 1879, Nietzsche começou a perder sua voz e teve que se afastar da atuação como professor. A partir daí, começou a viajar e viver em vários lugares, como Veneza, Gênova, Turim e Nice.

Em 1882, Friedrich Nietzsche passou a se dedicar à sua obra "Assim Falou Zaratustra". Ele passou a produzir em um ritmo intenso, fase que durou até janeiro de 1889, quando sofreu uma crise nervosa e passou a viver sob a tutela da sua mãe e de sua irmã, até o dia de sua morte.

O livro "Assim Falou Zaratustra" começou a ganhar destaque em 1888. Estudiosos afirmavam, ao analisar o trabalho de Nietzsche, que ele escrevia quando estava sob o efeito de drogas ou em crises de loucura.

Friedrich Nietzsche morreu em Weimar, na Alemanha, no dia 25 de agosto de 1900.


Curiosidades sobre a vida de Friedrich Nietzsche

Durante a maior parte de sua vida, Friedrich Nietzsche viveu isolado. Ele foi rotulado como gênio e como louco pelos estudiosos de sua época. Nietzsche era um crítico da religião, da moral e da cultura contemporânea. Sua obra é repleta de ironia e metáforas.

Ele acreditava na "afirmação da vida" e na objetividade da verdade, tratando de temas como o existencialismo. Ao morrer, Friedrich Nietzsche já esteva totalmente desprovido de suas faculdades mentais. Posteriormente, sua condição de saúde foi atribuída a uma paralisia resultante de sífilis.

Ele recebeu os cuidados de sua irmã, Elisabeth Förster-Nietzsche, até a data de sua morte, em 1900. Ela também ficou encarregada de editar os manuscritos do filósofo, trabalho que fez sob a influência do pensamento nacionalista de seu marido Förster-Nietzsche, fato que desconfigurou a obra de Friedrich Nietzsche, que era declaradamente contra o antissemitismo e o nacionalismo.

Leia também! Assuntos relevantes