Émile Durkheim (1858-1917)

Émile Durkheim (1858-1917)

Por

Émile Durkheim nasceu em Épinal, na França, no dia 15 de abril de 1858. Ele foi um importante sociólogo francês e se destacou como um dos fundadores da sociologia moderna.

Émile Durkheim é reconhecido como o principal responsável pela expansão da sociologia francesa no século XIX. O sociólogo era formado pela escola do positivismo.

O estudioso dedicou sua vida à análise social de grupos, indivíduos e instituições. Para Émile Durkheim, conceitos como externalidade, generalidade e coercitividade caracterizavam o fato social. A tese de Émile Durkheim fez com que ele se tornasse o fundador da sociologia como disciplina científica e autônoma.

As principais obras do sociólogo são: “Da divisão do trabalho social” (1893), “Regras do método sociológico” (1895), “O suicídio” (1897) e “As formas elementares de vida religiosa” (1912). Ele também foi o responsável por fundar a revista L'Année Sociologique.

Os estudos sociais de Émile Durkheim tratavam de temas como educação, religião, crimes e suicídio. Émile Durkheim era descendente de uma família judia. Ele estudou na Escola Normal Superior de Paris.

O sociólogo foi professor de ciências sociais em Bordeaux, em 1887. Já no ano de 1902, Durkheim foi nomeado para lecionar na Faculdade de Letras da Universidade de Paris.

Émile Durkheim morreu no dia 15 de novembro de 1917. Seus restos mortais estão no Cemitério do Montparnasse, em Paris.

Leia também! Assuntos relevantes