Educação na China atual

Educação na China atual

Por

Nos últimos anos, a China revolucionou sua economia graças aos seus investimentos expressivos em educação, que melhoraram a qualificação dos profissionais do país e estimularam o desenvolvimento desta nação. Para se ter uma ideia do nível de qualidade da educação na China, apenas em Xangai os alunos alcançaram o primeiro lugar em todas as áreas de conhecimento, matemática, ciências e leitura, na avaliação do teste Pisa, que mede o nível da educação internacional entre jovens de 15 anos de idade.

O governo chinês tem investido muito na educação básica, que já é prioridade no Plano Nacional de Reforma e Desenvolvimento de Educação a Médio e Longo Prazo. A China está modernizando seu sistema educativo, e tem o objetivo de se tornar uma referência em educação de qualidade até 2020.

A evolução da educação no país está acontecendo do nível pré-escolar à universidade. O país pretende eliminar completamente o analfabetismo através de um investimento prioritário em educação.

Para os especialistas, a educação que os estudantes chineses recebem hoje deve ter uma forte influência sobre a política do país em 2020. Os estudantes da China têm atualmente uma formação mais aberta, com o estudo de inglês desde cedo e com o estímulo a programas de intercâmbio no exterior.

As disciplinas básicas também contam com o apoio da tecnologia. O governo da China espera investir entre 4,4% e 4,5% do seu produto interno bruto (PIB) na área da educação até 2020.

Leia também! Assuntos relevantes