Determinismo Tecnológico

Determinismo Tecnológico

Por

A teoria do determinismo tecnológico afirma que o avanço e o desenvolvimento de novas tecnologias influenciam os valores, a cultura, o comportamento e a estrutura social dos povos. Essa é uma teoria reducionista e tenta estabelecer uma relação entre a tecnologia e a sociedade.

O determinismo tecnológico nasceu a partir do pensamento de alguns estudiosos deterministas, como Marshall McLuhan, Harold Innis, Neil Postman e Jacques Ellul. Eles tinham a ideia de que a tecnologia seria sempre a principal causa de mudanças sociais no mundo.

Atualmente, a teoria do determinismo tecnológico é uma das mais populares e estudadas em diversos países por pesquisadores acadêmicos. A ideia é mostrar como os fenômenos sociais e históricos são influenciados diretamente pelas novas tecnologias.

Como surgiu o conceito de determinismo tecnológico?

O termo “determinismo tecnológico” surgiu com o sociólogo americano Thorstein Veblen, que era um estudioso e economista da Universidade de Chicago. Os seguidores dessa teoria afirmam que os dispositivos tecnológicos alteram drasticamente a estrutura e as funções de uma sociedade.

No determinismo tecnológico, o desenvolvimento de novas tecnologias é apontado como uma força independente e expansível, fora do controle humano. Essa teoria é considerada radical por muitos pesquisadores e, por isso, ela divide opiniões.

Isso acontece porque a teoria diz que a tecnologia e seus avanços são os únicos responsáveis pelas mudanças provocadas na sociedade, o que coloca o homem como um ser impotente dentro desse processo de mudança.

Em suma, a teoria do determinismo tecnológico afirma que: "a tecnologia é uma força que rege fundamentalmente a sociedade" (MerrittRoe Smith). Isso pode ser compreendido como a tecnologia que determina os rumos da história e de toda uma sociedade, modificando o comportamento humano e suas crenças e valores.

Leia também! Assuntos relevantes