Claude Monet

Claude Monet

Por

Claude Oscar Monet foi um talentoso pintor francês, nascido em Paris, em 14 de novembro de 1840. Durante sua infância, viveu em Le Havre, cidade portuária próxima ao rio Sena.

Monet apresentava gosto pelo desenho e pela pintura desde a infância. Na escola, ele era visto como um menino indisciplinado que fazia caricaturas dos professores.

O artista começou a ganhar dinheiro com seus desenhos aos 15 anos de idade. Monet começou a vender suas caricaturas a 10 francos cada.

Ao conhecer o pintor Boudin, Monet começou a pintar ao ar livre. Ele se mudou para Paris, onde estudou pintura na Académie Suisse.

O artista foi obrigado a prestar o serviço militar e acabou enviado para a Argélia , no norte da África. Ao conseguir seu desligamento do exército francês, Monet voltou para Paris, retomou seus estudos e fundou um grupo de pintores impressionistas.

O artista passou por períodos de dificuldades financeiras. Nessa época, Monet estava vivendo um romance com Camille Doncieux, com quem teve seu primeiro filho, Jean, em 1867.

A miséria acabou levando Monet a uma tentativa de suicídio, mas o artista conseguiu retomar a vida e se mudou com a mulher para Londres, na Inglaterra. Lá, ele conheceu Durand-Ruel, que resolveu investir na obra impressionista de Monet.

Pouco tempo depois, Monet retorna à França, onde mais uma vez sua arte passa a ser ridicularizada. O artista e sua família voltam a viver na pobreza.

A sociedade da França não aceitava o novo estilo de pintura de Monet. Assim, em 1877, ele foge sozinho para a Bélgica.

Somente em 1878 surgem as primeiras críticas positivas sobre o movimento impressionista. A partir desse ano, Monet começa a se tornar um artista prestigiado e viaja para os Estados Unidos para expôr seus trabalhos.

O artista passa por anos de sucesso, pintando grandes obras. Em 1907, no entanto, ele começa a apresentar problemas de visão e passa a pintar telas abstratas.

Em 1918, Monet doa todos os seus quadros para o governo francês. Em 1923, quase cego, Monet é operado da catarata. O artista morreu em 5 de Dezembro de 1926, em Giverny, na França. Os restos mortais de Claude Monet estão enterrados no cemitério da igreja de Giverny, na Alta Normandia, norte de França.

As principais obras do artista foram: Impressão, nascer do sol, Mulheres no jardim, Banhistas na Grenouillière, Casa de Monet em Argenteuil, entre outras.

Leia também! Assuntos relevantes