Balanço do Governo Dilma

Balanço do Governo Dilma

Por

O ano de 2014 marca o fim do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, que tentará a reeleição. Os anos de governo de Dilma foram marcados por promessas não cumpridas, gastos exorbitantes para a preparação da Copa do Mundo e também por alguns avanços sociais.

Como balanço do governo Dilma, podemos citar que a presidente lançou 23 pacotes com medidas para estimular a economia brasileira. Contudo, os pacotes não foram eficientes e o Brasil passa por uma crise econômica, com o aperto da inflação e o crescimento inexpressivo do Produto Interno Bruto do país.

Dilma prometeu a injeção de 12 bilhões de reais no setor elétrico. Essa medida baixaria as contas de luz dos brasileiros e tornaria o setor mais competitivo. Entretanto, o que vemos é uma crise energética. Das 46 metas prometidas por Dilma em sua campanha em 2010, 22 estão em ritmo lento e não devem ser cumpridas.

Um ponto positivo do governo foi a redução efetiva da miséria e do desemprego. Apesar do baixo desempenho econômico, os programas assistenciais e as medidas para reduzir impostos foram eficientes para melhorar a vida de muitos brasileiros. O governo Dilma avançou na erradicação da miséria e na ampliação do emprego, e também vem cumprindo metas na criação de moradias no programa Minha Casa Minha Vida.

Com relação às reformas política e tributária, o governo falhou. As metas de expansão de Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Unidades Básicas de Saúde (UBS), creches e quadras esportivas cobertas também não foram cumpridas.

Durante o governo Dilma aconteceu a criação do programa Brasil Sem Miséria, que promoveu alterações no Bolsa Família e retirou 22 milhões de brasileiros da linha da pobreza extrema. A presidente também promoveu estímulos fiscais e monetários a setores importantes da economia, como o setor automobilístico e de eletrodomésticos.

Durante o governo Dilma, a economia desacelerou, a Petrobras entrou em crise, bem como o setor de combustíveis. Em ano eleitoral, o governo ainda tenta evitar um reajuste da gasolina para manter uma imagem favorável junto aos eleitores.

Outra medida do governo Dilma foi a desoneração da folha de pagamento. A medida, que faz parte do Plano Brasil Maior, prejudicou os cofres públicos. Para especialistas em economia, o governo Dilma fez um claro improviso no quesito política econômica.

Como balanço final, é possível dizer que o governo não foi efetivo em diversas promessas, não concluiu obras de infraestrutura importantes e ainda tenta esconder o escândalo do desvio de dinheiro na Petrobras no caso da compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

Leia também! Assuntos relevantes