A educação financeira deveria ser ensinada nas escolas?

A educação financeira deveria ser ensinada nas escolas?

Por

Especialistas em economia garantem que o ensino da educação financeira é considerado fundamental para o bom desenvolvimento das crianças e adolescentes em idade escolar. Na sala de aula, os professores devem relacionar as informações à realidade dos estudantes, mostrando a importância de consumir com consciência e economizar. Ensinar as crianças e jovens a lidar com as finanças ajuda a criar uma nova geração de consumidores mais consciente e com maiores chances de se tornarem adultos com uma vida sustentável financeiramente. Por isso, diversas escolas estão inserindo Educação Financeira em sua grade curricular. O objetivo de educar financeiramente é formar cidadãos que saibam administrar suas finanças, controlar seus recursos e respeitar seu orçamento pessoal. A Educação Financeira nas escolas também é uma forma de iniciar uma mudança de comportamento em relação ao consumismo, com foco na proteção dos recursos naturais do planeta. Apenas com a educação financeira nas escolas, desde cedo, é que o Brasil poderá formar crianças e jovens capazes de economizar dinheiro para realizar seus sonhos. A educação financeira no ambiente escolar deve ter uma linguagem adequada a cada faixa etária, mostrando aos alunos como organizar as finanças no dia a dia, a começar pela mesada.Somente com essa disciplina e conhecimento será possível desenvolver uma nova geração de pessoas e famílias sem dívidas e com uma vida financeiramente saudável.

Leia também! Assuntos relevantes