Tratado de Tordesilhas

Um dos maiores acordos existentes na história entre Espanha e Portugal pode ser demonstrado pelo Tratado de Tordesilhas. Este documento foi lavrado em 1494, com o objetivo de fazer a divisão de territórios conquistados nas navegações.

Portugal e Espanha ampliaram os territórios ultramarinos entre os séculos 15 e 16. A coroa espanhola já estava em posse de novas terras na América, estas conquistadas após expedições de Cristóvão Colombo, em 1492. A grande preocupação era manter o território conquistado.

Por isso, o Tratado de Tordesilhas tinha o objetivo de se antecipar às futuras e previsíveis invasões, realizando a divisão entre os países da Península Ibérica.

O Tratado de Tordesilhas foi assinado em 1494, definindo uma linha divisória entre a parte de terra da Espanha e de Portugal. O nome do Tratado de Tordesilhas foi escolhido em homenagem a uma cidade da Espanha, com ligação aos Reinos de Castela e Leão.

No Tratado de Tordesilhas, Portugal ficava com a parte oriental, enquanto a Espanha ficava com a parte de terra mais ao ocidente. A linha de divisão ficava a 370 léguas de Cabo Verde.

O Tratado de Tordesilhas, por mais que definisse uma linha para separar os territórios de Espanha e Portugal, pouco surtiu efeito na prática, tendo sido substituído pelo Tratado de Madri, em 1750.

Um ano antes de o Tratado de Tordesilhas ser assinado, em 1493, o tratado de Bula Inter Coetera foi assinado pelo Papa Alexandre VI, com a finalidade de fazer a divisão de terras entre Espanha e Portugal, já prevendo essa necessidade. O acordo foi reformulado em 1494 a pedido do rei Dom João II, que achou injusta a divisão.

Além disso, países que estavam de fora do Tratado de Tordesilhas realizaram invasões em terras pertencentes às nações da Península Ibérica, como Inglaterra, França e Holanda.

Tratado de Tordesilhas, Documento

Se o Tratado de Tordesilhas ainda existisse, a linha imaginária de divisão territorial passaria da cidade de Laguna, em Santa Catarina, até a cidade de Belém, no Pará, reduzindo bastante o território brasileiro, quando comparado com o atual.


Veja também:

Descobrimento do Brasil

História do Brasil - Pedro Álvares Cabral

Cristóvão Colombo

Descobrimento da América