Sistema Imunitário

O sistema imunitário também é conhecido como sistema imunológico. Todos os seres vivos contam com este sistema, responsável por fazer a remoção de moléculas estranhas ou agentes perigosos que podem prejudicar nossa saúde e comprometer a qualidade de vida.

O sistema imunitário é composto por órgãos, células, moléculas e tecidos que respondem de forma organizada aos agentes que acessam o nosso corpo. O sistema imunitário é dividido em duas categorias:

  • Imunidade inata;
  • Imunidade adquirida.

Vamos conhecer melhor cada uma delas!


O que é imunidade inata?

Este primeiro sistema imunitário já está conosco desde o começo da nossa vida, porque nascemos com ele. Todos os indivíduos apresentam esta resposta imune feita por barreiras químicas e biológicas para combater agentes que interferem em nossa saúde.

As barreiras físicas são formadas por membranas, pele, espirro, tosse e outras estruturas que impedem o nosso contato com o agente maléfico. As barreiras fisiológicas mantêm a acidez gastrointestinal correta, regulam a temperatura do corpo, atacam células patogênicas, entre outras ações.

Existem também as barreiras inflamatórias, que agem em caso de inflamação em tecidos, trabalhando através das células fagocitárias. O nosso sistema imunitário ainda age através de barreiras celulares, que fagocitam ou endocitam partículas que precisam ser eliminadas.

Muitas doenças e infecções são prevenidas através do nosso sistema imunitário inato.

sistema imunológico, células sanguineas


O que é imunidade adquirida?

A imunidade adquirida, presente no nosso sistema imunitário, funciona através da proteção que nosso corpo cria sempre que ficamos em contato com um agente infeccioso. Assim, nossa capacidade de resposta vai se aprimorando com a criação de anticorpos, agindo sobre os antígenos através de linfócitos B e T, por exemplo. Esta reação pode ser feita quando ficamos expostos às bactérias e vírus, por exemplo.

O sistema imunitário com imunidade adquirida ativa é quando nos colocamos intencionalmente em contato com um vírus para imunização, por exemplo.
O sistema imunitário com imunidade adquirida passiva, quando recebemos o material imunológico pronto, ocorre, por exemplo, no caso de soro contra picadas de cobra ou através de anticorpos recebidos das nossas mães.

Agindo sobre especificidade e diversidade, o sistema imunitário usa os linfócitos T e B para reconhecer e combater todos os antígenos presentes em nosso organismo, seja para criar uma ou mais respostas para eliminar os invasores.


Assista:


O que é memória imunológica?

O nosso sistema imunitário ainda apresenta a memória imunológica, quando um antígeno é atacado mais rapidamente e com mais qualidade para casos repetidos. A memória imunológica pode durar por muito tempo, vários anos.

O sistema imunitário tem órgãos primários, que produzem linfócitos, tais como a medula óssea e o timo. Os órgãos secundários são os linfonodos e o baço, que funcionam por meio da imunidade adquirida.


Quais são as células do sistema imunitário?

As células podem ser separadas em mieloide e linfoides, sendo duas linhagens diferentes. Assim, elas dão origem às seguintes células que atuam no nosso sistema imunitário:

  • Fagócitos mononucleares;
  • Macrófagos
  • Células dendríticas;
  • Mastócitos;
  • Linfócitos B;
  • Linfócitos T;
  • Células Natural Killer.

Leia: Células imunológicas


Veja também:

Anticorpos

Resposta Imunológica Humoral

Sistema Linfático

Antígenos