Handebol

História do Handebol e Onde Surgiu

A palavra handebol possui origem do inglês "Handball", tendo como tradução literal o termo bola nas mãos.

O Handebol foi criado pelo professor alemão Karl Schelenz (1890-1956), no ano de 1919. A história do handebol como esporte coletivo começou com o professor. As regras da nova modalidade foram estabelecidas pela Federação Alemã de Ginástica.

Karl, era atleta e professor de educação física, tendo como principal intuito a criação de uma nova modalidade esportiva.

Ao longo dos anos, o esporte passou por várias transformações, buscando se adequar a época em que estava sendo praticado. O esporte começou a ser praticado primeiramente em países como Áustria, Suíça e Alemanha. Em 1919, o handebol já estava adaptado para a participação de 11 jogadores. Em 1920, a modalidade foi considerada desporto oficial da Escola de Educação Física da Alemanha.

Em 1927, aconteceu o pedido de introdução do handebol no programa olímpico internacional. Em 1934, o esporte já estava presente na Olimpíada de Berlim, com a participação de 6 dos 26 países filiados.

Com o passar dos anos, foram criados diversos campeonatos mundiais de handebol para homens e mulheres. A partir daí, a modalidade passou a ter uma competição oficial mundial a cada quatro anos, além da disputa nos jogos olímpicos.

Anteriormente, era praticado em espaços ao ar livre, como por exemplo, gramados naturais. Na atualidade, sabemos que na maioria das vezes, é jogado em quadras de salão, tendo seu diâmetro 40m x 20m.

Quadra de Handebol e Suas Medidas

O número de jogadores necessários para jogar na época, eram 22. Hoje, sabemos que 7 jogadores devem constituir cada equipe nessa modalidade. Totalizando 14 jogadores em quadra.

Curiosidade: Um dado muito relevante, é que na antiguidade seus adeptos eram do gênero feminino. Posteriormente, com a criação das competições olímpicas, passou a ser jogado por homens também.

Ganhou grande destaque durante a Primeira Guerra Mundial, já que foi criado na Alemanha, sendo muito disseminado em sua capital, Berlim. Como Berlim era um centro muito observado devido à guerra, seu número de adeptos foi crescendo com o passar do tempo, chegando em todos os continentes.

Entretanto, a Federação Internacional de Handebol foi criada em Basileia, Suíça. Tal fato deixou muitas pessoas intrigadas, pois sua criação deu-se na Alemanha.

No Brasil, o handebol começou a se desenvolver a partir da década de 1960, com o professor francês Augusto Listello. Em 1971, o MEC incluiu o handebol entre as modalidades dos Jogos Estudantis e dos Jogos Universitários Brasileiros.

Nas olímpiadas, o Brasil apresentou a modalidade do Handebol pela primeira vez em Barcelona, na Espanha, no ano de 1992. Atualmente, o Brasil é um país com uma das melhores equipes de handebol do mundo, tanto no feminino quanto no masculino.


Principais Fundamentos do Handebol

Para um melhor aproveitamento e organização durante o jogo, foram instituídos fundamentos a serem seguidos.

1° Fundamento

Os jogos são divididos em dois tempos, cada um com 30 minutos de duração.

2° Fundamento

Cada etapa possui um intervalo de 10 minutos, para fornecer o devido descanso aos atletas.

3° Fundamento

Para administrar o jogo, são necessários dois árbitros. Além disso, um cronometrista é essencial, para não passar despercebido alguns segundos gastos durante a cobrança de faltas e escanteios, por exemplo.

4° Fundamento

Para um melhor espetáculo, o jogo deve ter diversos dribles, contando com toques e recepções de bola precisas entre os jogadores.

5° Fundamento

Para fazer os gols, é indispensável utilizar a técnica do arremesso. Adequar a força e a precisão no movimento, dará um resultado positivo.


Quais Regras Devem ser Seguidas Durante o Jogo?

O principal intuito do Handebol, é fazer um grande número de gols. Mas, regras são extremamente válidas para a manutenção de um jogo pacífico.

Abaixo, demonstraremos algumas das regras do jogo:

  • . Caso o jogador esteja com a bola em mãos, é permitido dar no máximo três passos com a mesma.
  • . O tempo de 3 segundos é o máximo permitido para a permanência com a bola. Essa regra foi criada para garantir dinâmica e fluidez à partida.
  • . As faltas serão marcadas quando a bola entrar em contato com partes do corpo que não sejam as mãos. Caso um jogador tente retirar a bola da mão do seu adversário, também levará uma advertência, podendo vir apresentada de cartão ou não. Assim como no futebol, atitudes visando a lesão do outro jogador, são estritamente proibidas, podendo ocasionar até mesmo a expulsão do infrator.
  • . O cartão amarelo possui uma utilidade diferente, quando comparado com seu uso no futebol. O atleta do Handebol, recebe esse cartão como uma forma de punição, não podendo receber mais que 3 cartões amarelos durante o jogo. Ou seja, se atingir mais que isso, o jogador será expulso. Portanto, podemos dizer que quando somado 3 cartões amarelos, terá a mesma função do cartão vermelho. Uma observação interessante a ser feita é que, após o recebimento do segundo cartão amarelo, o indivíduo deverá se ausentar da quadra por 2 minutos.
  • . O tamanho da quadra de Handebol é de exatamente 40m x 20m. Os gols podem ter medidas variadas, de acordo com os requisitos das competições, sendo de dois até três metros. Para evitar o deslizamento, e consequentemente a lesão de um jogador, a quadra é emborrachada.
  • . O cartão vermelho será aplicado caso o árbitro perceba que o jogador excedeu o limite de segurança exigido. Quando o atleta é expulso, sua equipe adquire mais uma desvantagem, já que ficará com um jogador a menos por dois minutos.
  • . O Handebol deve apresentar duas equipes, cada uma com 7 jogadores, dentre eles, um deve ser o goleiro. Este, é o único participante que possui a permissão de tocar os pés na bola, sem que aja uma punição para isso.

As Funções dos Jogadores de Handebol


Equipe de Handebol

Para uma melhor divisão, os técnicos de handebol adequam cada jogador em uma posição, preferencialmente a que consegue se destacar.

Goleiro

O goleiro é considerado a última barreira defensiva, sendo o responsável pelas defesas, evitando que o gol do time adversário aconteça.
Também pode recolocar a bola, avisar o time quando algum jogador estiver avançando com a bola, podendo ser o único participante a tocar os pés na bola.

Pivô

O pivô é muito requisitado durante a partida, devendo ser o receptor da bola. Sua função é basicamente proteger a bola, penetrando na defesa adversária para deixar sua equipe com ótimas chances de gol.

Pontas

Estes, tem como função receber a bola dos pivôs, arremessando e penetrando na defesa do time adversário.
É um requisito a agilidade e habilidade na hora do drible, devendo ser executado com perfeição.

Armador

Possuem a função de arremessar a bola para os jogadores livres, que estão com um bom posicionamento. Também recebem passes de parceiros com dificuldades, tentando dar cadência ao jogo, organizando melhor a equipe.

Equipe de Handebol


Técnicas e Movimentos Usados no Handebol

Para uma boa partida e desempenho individual, a força não é a estratégia mais eficiente. Muitos indivíduos pensam que o Handebol é um esporte de contato físico intenso, sendo dispensável a utilização de técnicas e raciocínio lógico. Mas, se engana quem segue essa linha de pensamento.

Um indivíduo magro e habilidoso, pode se destacar muito mais em relação a um musculoso e lento. Além disso, excesso de massa muscular pode tornar o jogador inapto a essa modalidade esportiva.

Então, queremos demonstrar que algumas técnicas, podem fazer você ser o destaque do time.


Empunhadura

Muitos jogadores não sabem a forma correta de posicionar a mão quando for agarrar a bola.
Os técnicos mais renomados, indicam a técnica da empunhadura para segurar o objeto.
Pode ser considerada a base para todos os fundamentos, já que sem uma pegada adequada, o indivíduo pode se lesionar mais facilmente.
Os dedos irão abraçar a superfície da bola, exercendo certa força para que não escape.

Recepção

Caso não aja uma recepção correta da bola, sua equipe não irá conseguir se defender e atacar adequadamente.
O movimento das mãos e do corpo deve ser feito com precisão, não podendo deixar a bola escapar de forma alguma.
Colas aderentes também são usadas, visando o aferimento da bola nas mãos durante a pegada.

Passe

Como dito nos trechos acima, o passe é essencial. O jogador não pode passar mais que 3 segundos com as bolas nas mãos, sendo necessário tocá-la para seu parceiro a todo momento.
Além disso, é possível envolver seu oponente dessa forma, deixando-o desconcentrado com seus movimentos de toque rápidos.

Arremesso

O arremesso deve ser feito na medida. Para isso, o excesso de força é inviável. Além de poder machucar os dedos de seu parceiro, também fará com que seu time perca a bola, e possivelmente, tome gols.

silhueta jogadores de Handebol

Drible

O drible é um dos fundamentos mais importantes. Algumas jogadas são muito repetitivas no Handebol, fazendo com que seu adversário se sinta confiante sobre retomar a bola para ele. Então, a criação de dribles durante o calor do jogo, pode ser uma boa ideia.
Entretanto, lembre-se que não é permitido correr com a bola. Caso queira realizar um drible, não se esqueça de quicar a bola no chão para realizá-lo.

Finta

A finta consiste em fingir que irá fazer um movimento de um lado, e ir para o outro.
Uma técnica muito importante no momento da finalização, já que os defensores e o goleiro não conseguiram adivinhar sua movimentação.

Assim como qualquer outra modalidade, o handebol possui seu uniforme e equipamento a serem usados. Os requisitos básicos para cada jogador são: camiseta, meia, calçado esportivo e calção. A bola deve ser feita de material sintético ou couro, já que produtos deslizantes não são o mais propício para essa prática. Entretanto, em cada categoria, o tamanho e o peso da bola serão distintos.
As diferenças se encontram principalmente na categoria feminina, em que o tamanho e a massa da bola são inferiores, quando comparados com a categoria masculina.

Conclusão

Além de todos comentários realizados acima, devemos destacar os benefícios do Handebol em relação a qualidade de vida.

O sedentarismo é sem dúvidas alguma uma das piores escolhas que o ser humano pode realizar, acarretando diversas patologias futuras. Para minimizar esses riscos, a prática de esportes como o Handebol, irá auxiliar na manutenção do peso e aumento do ânimo.

É importante ressaltar, que a prática de qualquer esporte, deve ser feita com o auxílio de um profissional da área.

Cuide de seu corpo, e garanta uma vida mais saudável.

Handebol



Por

Compartilhe