Como Fazer um Relatório

Conceitualmente, um relatório trata-se de um relato sobre algum acontecimento, tarefa ou sobre algo, podendo ser falado ou escrito. Todo relatório transmite detalhes do elemento a ser relatado, deixando de lado dados desnecessários. Fundamentando minuciosamente, com a maior precisão possível, o entendimento presente naquele pacote de informações a ser transmitido ao ouvinte ou ao leitor, a quem se destina esse tipo de texto, combinando em sua composição os gêneros textuais: descritivo e narrativo.

Ao longo de toda a vida estudantil, acadêmica e profissional, os alunos e trabalhadores recebem solicitações de relatórios, um tipo de texto que é redigido a partir de um experimento, aula, leitura, atividade ou observação.

Na prática, o relatório apresenta, de forma concisa e totalmente livre de informações que não sejam relevantes, um olhar crítico e argumentativo sobre determinado tema. O conteúdo deve, portanto, contar com conclusões, dados, comentários, informações a respeito do tema analisado e uma boa exposição teórica, com argumentações de qualidade e resultados sobre os fenômenos ou experimentos estudados.

O bom relatório tem sempre um ponto de vista específico, com objetivos bem definidos, boas fontes de pesquisa, sucinto, e deve sempre obedecer a norma culta.

Relatório

Exemplo de estrutura de um relatório

  1. Capa
  2. Índice (Quando for um relatório grande)
  3. Título / Tema (Assunto da atividade)
  4. Objetivos da atividade (Finalidades)
  5. Introdução (Trecho breve dos fundamentos teóricos)
  6. Descrição das atividades (Procedimentos adotados, materiais usados...)
  7. Resultados obtidos (Relato fidedigno do que foi observado)
  8. Discussão dos resultados (Interpretação dos resultados e observações)
  9. Conclusão
  10. Fontes / Referências (Referências bibliográficas citadas no relatório)


Confira algumas dicas preciosas para escrever um bom relatório:

Tema – Tenha sempre o tema ou objeto de estudo em foco. Traçar o objetivo do relatório é importante para executar um bom trabalho.

Referências – Para escrever um bom relatório é preciso consultar boas fontes de informação, que sejam seguras e qualificadas. Utilizar livros, dados, artigos e anotações ajuda a formatar o relatório.

Conteúdo – O relatório deve ser sempre focado no tema central do experimento ou observação. Antes de escrever a versão final, faça um esboço e cheque fontes confiáveis e suas próprias anotações.

Qualidade – O conteúdo do relatório deve estar bem escrito. Por isso, é importante manter a atenção integral, estudar o tema, pesquisar e começar o relatório com o tema central.

Estrutura – A estrutura do relatório pode variar, mas, em geral, deve contar com capa de rosto, resumo, objetivos, desenvolvimento, considerações finais e os meios de verificação.

Pensar e desenvolver a estrutura do relatório são atividades fáceis, que devem seguir algumas regras bastante simples, como usar linguagem objetiva, checar dados e fontes de informação e empregar a ordem direta (sujeito + verbo). Evitar o uso de adjetivos, erros de português e vícios de expressão também é uma dica importante para produzir um relatório de qualidade.

A formatação do relatório também é fundamental e deve ser simples e padronizada. Outro aspecto relevante e essencial é citar todas as referências bibliográficas ao final do relatório.

Uma dica especial é ter em mente que o relatório deve ser simples e utilizado para a interpretação de dados e resultados obtidos, com boa análise e argumentação. O relatório precisa estar bem estruturado, confiável e qualificado.


Tipos de relatórios

Os principais tipos de relatórios solicitados são: relatório de estágio, relatório técnico, relatório acadêmico, relatório profissional, relatório de pesquisa, entre outros. Todos devem seguir normas da ABNT para formatação e apresentação. O documento deve ter introdução, desenvolvimento e conclusão.



Como Fazer um Relatório

Por

Compartilhe