A palavra artigo é originária do latim “articulus”, que seria um diminutivo de “artus” que por sua vez significa parte, ou seja, artigo significa uma parte de alguma coisa, de um todo.

Na gramática, o artigo é a palavra que define o substantivo, podendo ser definido, indefinido, masculino e feminino, simples e composto.

Ele é usado na frase para designar o gênero e a extensão do substantivo, do adjetivo ou para acompanhar os substantivos.

Conceito de artigo

Artigo é a palavra que vem antes do substantivo, o definindo, para informar se ele está sendo empregado de forma definida ou indefinida.


Classificação dos artigos

O artigo é uma classe de palavras que podem ter uma função muito importante nas frases, e em outros casos, nem tão importante assim. Morfologicamente falando, o artigo é um determinante, ou seja, ele acompanha os substantivos. Passam as informações sobre o substantivo, como gênero, número e importância.

Eles são oito no total, se classificando da seguinte forma:

Artigos definidos – que são os artigos que têm como função identificar alguém ou alguma coisa, dando a entender que existe um conhecimento sobre o assunto tratado. Eles são diretos e precisos. E são encontrados em duas formas:
Singular – masculino “o”, feminino “a”;
Plural – masculino “os”, feminino “as”;


Artigos indefinidos – esses artigos têm a finalidade de identificar algo ou alguém, mas de maneira imprecisa, incerta. Trata de um assunto em que não tem o amplo domínio. Eles também são encontrados em duas formas:
Singular – masculino “um”, feminino “uma”;
Plural – masculino “uns”, feminino “umas”.

Exemplos:
• o caderno
• a cadeira
• um cachorro
• uma gravata
• os lampiões
• as meninas
• uns gritos
• uma bebidas


Emprego dos artigos


De um modo geral, o artigo definido aplica-se para pessoas já conhecidas ou mencionadas, e o artigo indefinido para seres desconhecidos, indeterminados ou que não são citados.

O artigo acompanha o substantivo e concordará sempre com ele em número gênero e grau.

O artigo definido é um termo que está designado para a função de determinar um substantivo específico, separando-o dos demais.

Além das funções já descritas acima, o artigo definido possui outros sentidos especiais que serão mostrados a seguir.

1 – quando é empregado junto a nomes próprios, o artigo estabelece uma relação de proximidade. Assim sendo, torna-se facultativo o seu uso.
Ex: O João jogou bola ontem.

2 – geralmente é utilizado antes de nomes próprios que nomeiam localizações geográficas.
Ex: O Rio de Janeiro; a Itália.

3 – não se utiliza artigo definido nos títulos, como Vossa Excelência, Vossa Majestade, Ex: Vossa Senhoria, entre outros.

4 – aparece para nomear ou classificar alguém.
Ex: Gabriel, o Pensador

5 – Quando vier precedido da preposição “de”, seu uso é dispensado.

Já o artigo indefinido apresenta variações de sentido. Indicam imprecisão no seu valor semântico. São elementos essenciais para a coesão da frase, e possuem algumas particularidades. Sua utilização pode atribuir mais de um sentido à frase. Veja:

1 – Um(a) pode adquirir significação enfática:
Ex: Ela foi uma heroína! (Compare com: Ela é uma heroína)
Este homem tem uma mira incrível.

2 – soa como aproximação se utilizada antes do numeral:
Ex: Ele aguardou uns quarenta minutos.
Ele tem uns 1,84 metro de altura.

3 – clareia as características de um substantivo já informado antes com o artigo definido:
Ex: O cachorro era da família. Um cachorro muito carinhoso.
A estrela já passou. Uma estrela radiante.


Morfossintaxe

Com você percebeu, precisamos, para definir o que é artigo, mencionar suas relações com o substantivo. Assim, nas orações da língua portuguesa, o artigo exerce a função de adjunto adnominal do substantivo a que se refere. Tal função independe da função exercida pelo substantivo:

A existência é uma poesia.
Uma existência é a poesia.

Leia também! Assuntos relevantes