Raias

Por

As raias são peixes cartilaginosos, que vivem em ambiente marinho. Esta espécie está classificada na superordem Batoidea, a mesma dos tubarões.

As raias apresentam corpo achatado dorso-ventralmente, fendas branquiais e habitam as profundezas do mar. As barbatanas peitorais da espécie são uma extensão de seu corpo.

Segundo pesquisadores, as raias apresentam um perfil mais diversificado do que os tubarões. Estima-se que existam 456 espécies diferentes de raias no mundo.


Características das raias

As raias contam com dentes formados por coroas achatadas. A boca do animal tem uma forte sucção. A espécie apresenta diversas semelhanças com os tubarões, principalmente com os tubarões-martelo. Além disso, as raias têm um mecanismo que permite detectar campos elétricos e magnéticos.

As raias são diferenciadas por suas caudas e forma de reprodução. Em determinadas espécies, a cauda é alongada e larga para sustentar as nadadeiras dorsais e caudal. Outros grupos apresentam cauda em formato de chicote.

Cada espécie de raia tem um padrão próprio de descarga. A raia-elétrica, por exemplo, produz descargas elétricas de até 200 volts. Essas descargas são utilizadas para capturar as presas.

As raias também possuem cartilagens radiais e elementos basais e craniais. Elas se locomovem nadando por meio da ondulação de suas nadadeiras peitorais.

A espécie ainda conta com escamas placoides, que também podem ser observadas no tegumento dos tubarões, e dentículos dérmicos grandes e remanescentes.


Raias ou Arraias: o que está correto?

De acordo com os biólogos, os dois nomes estão corretos, ou seja, pode-se usar a denominação raia ou arraia para o mesmo organismo. Entretanto, o termo mais aceito é Raia.

Estes peixes marinhos fazem parte da classe Elasmobranchii e costumam repousar no fundo do mar, ficando horas embaixo de uma camada de areia. Estes peixes são vertebrados e podem ter tecidos altamente especializados. Algumas espécies também são venenosas.

Leia também! Assuntos relevantes