A pneumonia é um tipo de infecção nos pulmões. A doença se manifesta quando ocorre a infecção em um dos órgãos localizados na caixa torácica do organismo humano.

Como enfermidade que atinge o sistema respiratório, a pneumonia causa dificuldade para respirar, fadiga intensa, entre outros problemas. A doença também pode afetar a área dos alvéolos pulmonares.

Normalmente, a pneumonia acontece quando uma pessoa tem seu organismo afetado por algum agente infeccioso, que pode ser um vírus, uma bactéria ou um fungo. A enfermidade também pode ser causada por reações alérgicas.

A doença é mais comum em pessoas idosas e crianças, pacientes que podem, inclusive, desenvolver um quadro grave do problema. A pneumonia é uma doença que tem tratamento.


Causas específicas da pneumonia

Todas as pneumonias são provocadas por agente infeccioso que afeta a região alveolar. Esse agente acaba causando uma reação inflamatória com o objetivo de tentar eliminar o invasor.

O tipo mais comum de pneumonia é chamado de pneumonia da comunidade. Essa infecção tem como agente causador a bactéria. Por isso, os tratamentos comumente empregam antibióticos.

Para um tratamento adequado da pneumonia é importante encontrar o agente causador da doença. Para isso, é preciso um diagnóstico médico bem-feito. Em geral, pneumonias bacterianas e virais são bastante parecidas nos sintomas e sob o aspecto da avaliação médica.

Os agentes causadores de pneumonia mais conhecidos pela população são os Streptococcus pneumoniae, a clamídia e o Hemophilus.


Quais são os sintomas da pneumonia?

Os principais sintomas da doença são febre alta, tosse, confusão mental, secreção, falta de ar e fadiga. Na tosse, as pessoas com pneumonia podem expelir um muco esverdeado ou amarelado. Algumas pessoas também podem relatar intensa dor torácica ao tentar respirar.


Fatores de risco para a pneumonia

Assim como em outras doenças que atingem as vias respiratórias, o cigarro é um fator de risco. O tabagismo provoca uma reação inflamatória que permite que os agentes invasores ataquem os pulmões com mais facilidade. Outro fator de risco são as bebidas alcoólicas, que diminuem a imunidade do indivíduo.

Pessoas que já apresentam bronquite crônica também estão mais sujeitas a desenvolverem uma pneumonia. Além disso, resfriados e gripes também podem evoluir para pneumonias.


Como evitar a pneumonia?

Para evitar a pneumonia é indicado beber muita água, manter uma alimentação saudável, evitar ambientes com ar-condicionado sem manutenção e higienização periódica, evitar friagens, lavar as mãos com frequência, não fumar e consumir bebidas alcoólicas de forma moderada.


Tratamento

Depois de iniciar o tratamento da doença com antibióticos, o quadro do paciente deve melhorar em três dias e desaparecer completamente em até 10 dias. A vacinação é importante para ajudar na prevenção da doença.

Leia também! Assuntos relevantes