Hércules

Na Grécia Antiga, o grande herói nacional foi Herácles, ou Hércules, como se chamou depois. Era o maior de todos os heróis da Grécia Antiga, por isso até hoje vive Hércules em nossa imaginação.

Era filho de Zeus, o grande deus grego, e de Alcmena, a mulher mais bela da época. Mas Zeus era casado com a deusa Hera, a qual, enciumadíssima com aquele filho de seu esposo na terra, jurou persigui-lo sem cessar. E assim foi. A vida do pobre Hércules tornou-se puro tormento, tais e tais armadilhas lhe armava a deusa. Mas era defendido por Zeus. Hera armava as armadilhas e Zeus as desarmava - e assim foi até o fim.

Após uma infinidade de aventuras, entre as quais os Doze Trabalhos, Hércules casou-se com Dejanira, a quem amava muito. Mas um dia, numa das suas expedições, foi parar nas terras do centauro Néssus. Pediu então, a Néssus que ajudasse sua esposa a atravessar um rio. No meio do rio, Néssus teve a idéia de beijar a força a esposa de Hércules. Lá da margem, Hércules viu tudo e tomou uma flecha e espetou-a no coração de Néssus. Antes de morrer, entregou a Dejanira um filtro potentíssimo, quem pudesse no corpo peça qualquer de roupa com esse filtro, envenenar-se-ia e morreria a pior das mortes.

Dejanira guardou o filtro e alcançou a nado a margem onde Hércules a esperava.

Tempos depois, Hércules se meteu em nova aventura, na qual salvou uma linda moça de nome Íole, levando-a consigo à ilha de Eubéia, onde havia um altar a Zeus. Lá, querendo oferecer um sacrifício a Zeus, mandou um mensageiro à sua casa em Traquis, buscar uma túnica. Chamava-se Licas esse mensageiro. Em vez de mimitar-se a cumprir a sua missão, contou a Dejanira toda a aventura de Hércules e falou da bela Íole, a quem Hércules tinha salvado. Uma feroz onda de ciúme encheu o coração de Dejanira, fazendo-a lembrar-se do venenoso filtro de Néssus. Entregou então ao mensageiro a túnica que Hércules mandara buscar, mas toda borrifada com tal filtro . . .

Ao receber a túnica, Hércules vestiu-a descuidasomente e foi ao altar oferecer o sacrifício a Zeus. Lá chegando, começou a sentir no corpo uma dor horrenda, como se tivesse vestido uma túnica feita de chamas implacáveis. Hércules então morreu queimado.

Dejanira achava que a túnica fosse para Íole, e não para Hércules. Ao saber do acontecido, desesperou-se e correu para enforcar-se numa árvore.

Zeus então transformou seu filho numa das constelações do céu.

A principal característica de Hércules estava em ser extremamente forte, extremamente bruto, mas dotado de um grande coração. No calor das batalhas muitas vezes matava culpados e inocentes - e depois chorava arrependido.

Os Doze Trabalhos de Hércules

Os doze trabalhos estam apresentados em forma resumida. Em breve, contaremos mais detalhes.

#Matar o terrível Leão de Neméia, que era invulnerável. Com a pele do Leão, Hércules fez um belo manto que funcionava como se fosse uma armadura.

#Matar a terrível Hidra de Lerna, que tinha nove cabeças

#Capturar vivo, o javali de Erimanto

#Capturar vivo, a corça de Cerínia. Era um verdadeiro tesouro: tinha chifres de ouro e pés de bronze.

#Matar os pássaros carnívoros do Lago Estínfale.

#Limpar as Cavalarias do rei Áugias, da Élida. Para completar tal trabalho, Hércules precisou desviar o curso dos rios Alfeu e Peneu.

#Capturar o touro de Creta. Era um animal incontrolável que vinha devastando as colheitas de toda a área.

#Capturar os cavalos carnívoros de Diomedes, rei da Trácia.

#Roubar o cinto mágico de Hipólita, rainha das Amazonas.

#Capturar os bois do Gigante Gerião.

#Colher os pomos de ouro das Hespérides. Eram frutos mágicos e de valor incalculável, quem os provava tornava-se imortal.

#Descer ao Inferno e capturar o seu guardião, o Cão Cérbero de 3 cabeças.

Leia também! Assuntos relevantes