Física Experimental

Física Experimental

Por

A física experimental, como o nome diz, é baseada na experimentação. Ela é extremamente importante, pois se caracteriza como parte essencial do método científico por colocar em prática as teorias.

Todo fenômeno físico pode ser entendido e demonstrado pela experimentação, tornando mais fácil o seu entendimento. Os experimentos também ajudam os cientistas a constatarem se os resultados obtidos foram obra do acaso ou inerentes ao fenômeno analisado.

A física experimental é conceituada como a categoria de disciplinas e sub-disciplinas que se preocupam com a observação de fenômenos físicos com o objetivo de coletar dados sobre o Universo. Os métodos variam entre experiências simples e observações, como a experiência de Cavendish, até experiências mais complexas, como as do Grande Colisor de Hádrons.

Vale lembrar, que a Física é ciência que investiga os fenômenos fundamentais da natureza, nos levando ao entendimento de sua estrutura, complexidade e aplicação em novas tecnologias.

Nessa área são realizadas investigações sobre fenômenos ópticos, elétricos, magnéticos, entre outros...

Hoje, existem duas divisões para a Física: a Física Teórica e a Física Experimental. Nessa divisão, a Física Experimental fica encarregada de manter contato com as situações do dia-a-dia, as resultantes de experiências, o planejamento e execução de análises de resultados de pesquisa e a aplicação da física no desenvolvimento de tecnologias.

Leia também! Assuntos relevantes