Conteúdo Implícito e Explícito


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Conteúdo Implícito e Explícito

O princípio básico em que toda a comunicação se baseia é o de que nada se diz se não há razão para dizê-lo.
Do relativo do relativo grau de certeza com que tais deduções são feitas , é possível distinguir três graus de conteúdo implícito: Ilação, Pressuposição e Expectativa.

Ilação: é aquilo que se pode concluir logicamente de um a declaração.

Ex 1: Paulo saiu há dois minutos.

Implica que: Paulo não está no momento.



Pressuposição: É aquilo que é obrigatório para que um enunciado seja verdadeiro. Dessa forma, no exemplo 1 , pressupõe-se que João estava aqui há dois minutos.

Uma particularidade da pressuposição é que ela é mais difícil de ser negada do que uma afirmação direta.
Agora veremos um exemplo de uma

afirmação direta

PERSONAGEM 1: “Você ás vezes batia na sua mulher”’

PERSONAGEM 2: “ É claro que não , isso é uma mentira”


Nesse mesmo caso se uma pressuposição fosse utilizada, a resposta do personagem 2 tornar-se-ia mais complexa. Observe o exemplo abaixo:

PERSONAGEM 1: “Quando é que você deixou de bater na sua mulher?”

PERSONAGEM 2: “Escute, essa é uma pergunta absurda: nunca bati na minha mulher e é isso de fato, que você está insinuando.”

Podemos perceber como a situação torná-se embaraçosa e constrangedora.




Expectativa: se apoia no princípio da “boa razão”. Sempre que alguma coisa é dita, presume-se que deva haver uma boa razão para dizê-la.


As regras normais de Expectativa só se aplicam plenamente às funções informacionais e diretivas da linguagem. Porém, essas regras não se aplicam á função interacional . Por exemplo; quando dizemos: “ Que linda manhã” ou “ Há quanto tempo não nos vemos” , não partimos do princípio de que o interlocutor precise ser informado desses fatos.

Exemplo: Por que cada vez mais homens estão preferindo Levi’s?

O que pressupõe que cada vez mais homens estão preferindo Levi’s.

A razão do emprego dessas chamadas está na diferença entre asserção e pressuposição: é muito mais fácil negar ou questionar uma afirmação do quem uma pressuposição ( como ocorreu no exemplo acima ).
O jogo da Expectativa , na linguagem publicitária , talvez seja menos evidente do que com a pressuposição, mas pelo menos é tão comum e comprovado pelos publicitários profissionais que criticam os critérios de seu ofício.




Leia também! Assuntos relevantes.

Linguagem e Comunicação
A propaganda é uma forma de comunicação. Trata-se de um conceito muito amplo, e para termos uma idéia mais precisa do que nele se inclui, temos que ob...

Literatura de Informação
Chamamos de Literatura de Informação, ou Literatura dos Viajantes, os textos escritos no período da colonização e das grandes navegações para descreve...

Comunicação
Por Reinaldo Dias Um homem entrou numa loja mas esqueceu o nome do que queria comprar, ficou tentando descrever o objeto ao vendedor. Descreveu de di...

Literatura Africana
Literatura oral e escrita do continente africano A África possui uma rica e variada literatura que foi se desenvolvendo através dos tempos. Sua liter...

Literatura no Brasil
As primeiras manifestações das letras no Brasil colonial são textos informativos, que visam a conquista do território e a expansão da fé católica. Dep...

Literatura Italiana
Literatura em língua italiana do século XIII até nossos dias. IDADE MÉDIA Antes do século XIII, a língua literária da Itália era o latim que f...

Comunicação Pública e Particular
Comunicação Particular: conversa entre pessoas que se conhecem (ex: amigos) Comunicação Pública: - tem um público anônimo (ex: jornais – artigos, ...

Literatura Brasileira
obras elaboradas no Brasil desde os textos de informação, informações que os viajantes e missionários europeus colhiam sobre a natureza e o homem do B...

O que é Comunicação Assertiva?
A comunicação assertiva é uma importante característica de líderes e gestores de grandes empresas. Trata-se de saber se comunicar com precisão, ter a ...

Função da Comunicação
Função Expressiva: a linguagem focaliza o EMISSOR. Seus desejos, sentimentos, atitudes e vontades. É esta função que empregamos quando nos afirmamos c...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2015 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados