Conflitos - Argélia


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Conflitos - Argélia

Por Mário Jorge

De 1952 a 1956 desencadeou-se na África do Norte o terrorismo contra a ocupação francesa. Em 1954, as forças rebeldes da Frente de Libertação Nacional, estimuladas pela derrota francesa na Indochina e pelo apoio da opinião publica internacional, atacaram os franceses em setenta lugares diferentes em toda a Argélia. Num contra-ofensiva, que envolveu quinhetos mil soldados e após violenta repressão à população árabe, as forças metropolitanas desestruturaram a oreganização rebelde em Argel, a capital.

A iminência de uma guerra civil na França levou o general De Gaulle a assumir o poder e colocar-se à frente do movimento militar, em maio de 1958. Controlando os extremistas, promulgou em outubro uma nova constituição, instituindo-se a Quinta Republica francesa, e decidiu-se pela negociação. Num plebiscito, em 1961, De Gaulle obteve carta branca para desenvolver conversões em busca de paz e da criação da Argélia livre. A ala conservadora do exército, contraria à independência da região, tentou um golpe de estado - fracassado - contra De Gaulle.

Estabelecendo acordos com os nacionalistas argelinos, a França reconhecia, em 1962, a independência da Argélia. Depois de dez anos de lutas e de aproximadamente um milhão de argelinos mortos, formava-se a Republica Democrática Argelina, presidiado Bem Bella, da Frente de Libertação Nascional.

Com a morte de Houari Boumediene, responsável por uma politica externa pró-União Soviética, em 1978a Argélia reformou sua política internacional, reaproximando-se da França, Estados Unidos e outros países ocidentais. Mais tarde, em 1989, foi a vez da abertura política interna, quando, em meio ao pluralismo partidário, ganhou força o grupo fundamentalista islâmico que pregava a reorganização do pais com base no Corão, que foi vitorioso nas eleições de 1991.

Nas eleições de 1995, num ensaio de normalização política interna, foi vitorioso o candidato preferido pelos militares, Liamine Zeroual, em grande parte devido ao afastamento do grande pleito dos radicais islâmicos do FIS e do boicote eleitoral por outras forças democráticas e socialistas.

O governo do presidente Zeroual, mesmo ampliando gestões para entendimentos nacionais, reforçou a incógnita quanto à real possibilidade de livrar a Argélia de seu conflito civil, cujo custo ultrapassou os 50 mil mortos, entre 1992 e 1995.




Leia também! Assuntos relevantes.

Guerras Francesas de Religião (1559-1598)
Série de confrontos políticos e sociais provocados pela fraqueza da dinastia Valois frente ao conflito religioso e à rivalidade aristocrática. O c...

Guerra do Pacífico
Guerra do Pacífico (1879-1883), conflito que envolveu três países sul-americanos, Chile, Peru e Bolívia, e culminou com a perda da saída ao mar desse ...

A Guerra do Vietnã
A Guerra do Vietnã foi um conflito armado que aconteceu entre os anos de 1959 e 1975. Trata-se de um dos mais violentos conflitos do século XX. A gue...

Guerra dos Seis Dias
A Guerra dos Seis Dias aconteceu em junho de 1967, quando Israel invadiu a Faixa de Gaza, a península do Sinai no Egito, a Cisjordânia e as colinas de...

Conflitos atuais na Europa
A Europa vive um momento de tensão graças aos conflitos que vêm acontecendo entre Rússia e Ucrânia. A atual situação de conflitos deixa o mundo e todo...

Os Focos de Conflitos no Mundo Atual
Ainda existem muitas regiões do mundo vivendo intensos conflitos. As lutas são provocadas por diversos motivos, como disputa por territórios, independ...

Guerra dos Bálcãs
A Guerra dos Balcãs aconteceu na região do sudeste europeu dos Bálcãs. Os conflitos entre Sérvia, Montenegro, Grécia, Romênia, Turquia e Bulgária se d...

Guerra do Golfo
A guerra do Golfo Pérsico iniciou-se em 02/08/1990 e acabou em 27/02/1991, marcando a década de 90 com as atrocidades vividas por muitos combatentes. ...

Gritos de Guerra
Os gritos de guerra estiveram sempre ligados à história de nações em conflitos e guerras. Com o tempo, essas frases cantadas ou faladas em uníssono po...

Causas da Guerra no Iraque
Existem inúmeras causas para a Guerra no Iraque ter acontecido. Entre as razões mais evidentes estão a conjuntura política do momento, a economia, a r...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2016 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados