Alcanos

Por

Também conhecidos como hidrocarbonetos parafínicos ou parafinas, os alcanos são compostos que se constituem exclusivamente de carbono e hidrogênio, formando uma série homóloga de fórmula geral CnH2n +2, onde o primeiro membro é o metano (CH4).

Os alcanos apresentam uma estrutura física de cadeia carbônica acíclica (alifática), saturada e homogênea, ou melhor, são formados por cadeias abertas que apresentam ligações simples entre os átomos de carbono.

Dependendo do número de átomos de carbono, os alcanos podem apresentar-se nas fases sólida, líquida ou gasosa. Dessa forma, os alcanos de cadeia normal de um a quatro carbonos apresentam-se como gases, de cinco a dezessete carbonos, como líquidos e de dezoito carbonos em diante, como sólidos. Os alcanos gasosos e os sólidos são inodoros, puros são incolores, os e os líquidos possuem um cheiro característico, como no caso da gasolina.

Presentes na natureza, os alcanos podem ser extraídos e purificados. Podemos encontra-los principalmente no petróleo, gás natural, xisto betuminoso e cera mineral.

São caracteristicamente apolares, isso significa que não dissolvem em solventes fortemente polarizados, como água. Mas são solúveis na presença de benzeno ou álcool.

A aplicação prática dos alcanos é na produção de diversos compostos da indústria petroquímica e é usado também como combustível.

Leia também! Assuntos relevantes