Sistema Internacional de Unidades

O Sistema Internacional de Unidades (SI) foi criado para favorecer o estudo das grandezas físicas em lugares diferentes do mundo. As grandezas são aqueles conceitos físicos que podem ser medidos.

Existem muitas grandezas físicas e as mais conhecidas e usadas pelos alunos nas resoluções de exercícios são: força, massa e velocidade. Muitas atividades envolvem essas grandezas fundamentais da Física. Para elas, existem definições e padrões comuns, que servem de referência para as medições que são feitas com as grandezas derivadas.


Vamos dar um exemplo para você entender melhor o esquema que envolve as grandezas fundamentais e as grandezas derivadas:

  • Comprimento – Grandeza fundamental derivada da unidade metro.
  • Área – É uma unidade derivada, medida a partir do metro quadrado.
  • Volume – Medido pelo metro cúbico, é uma unidade derivada.

Lapis e régua, medidas

Para saber aceleração e velocidade, duas unidades derivadas, é preciso utilizar duas grandezas fundamentais da física, que são o tempo e o comprimento.


Quando foi definido o Sistema Internacional de Unidades?

O Sistema Internacional de Unidades surgiu para solucionar a falta de padronização nos sistemas de unidades de medida em partes diferentes do mundo.

Antes de 1960, as unidades fundamentais da física eram diferentes e acabavam gerando uma grande variedade de unidades derivadas. O sistema de medidas sofria pela desorganização de uma quantidade elevada de unidades fundamentais, sendo que cada região praticava sua própria regra.

Só para se ter uma ideia, as grandezas velocidade e força apresentavam muitas unidades diferentes em suas aplicações.

Para solucionar o caso, foi realizada a 11ª Conferência Geral de Pesos e Medidas. Depois de debates, conversas e acordos, ficou estabelecido o Sistema Internacional de Unidades, em 1971.


Assim, depois deste evento, algumas unidades básicas foram padronizadas para grandezas fundamentais, entre elas as seguintes:

  • Metro – Comprimento - m
  • Massa – Quilograma - kg
  • Tempo – Segundo - s
  • Corrente Elétrica – Ampère - A
  • Temperatura Termodinâmica – Kelvin - K
  • Quantidade de substância – Mol - Mol


O Sistema Internacional de Unidades também serviu para estabelecer outros padrões, tais como:

  • Unidades derivadas;
  • Símbolos;
  • Prefixos;
  • Unidades suplementares.

A padronização permite o intercâmbio de conhecimento e favorece o progresso dos estudos científicos, criando um cenário muito positivo para o estudo dessas grandezas fundamentais.


Veja também:

Conversão de unidades (Unidades de medidas)