Vidrarias em laboratórios e sua importância


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Vidrarias em laboratórios e sua importância

Por Grupo Escolar

As vidrarias de laboratórios são fundamentais para os estudos da química, ciência puramente experimental. Na química, estudamos as diversas transformações de substâncias e, para ajudar nessa missão, temos vários tipos de vidrarias que facilitam os estudos e as análises em ambiente laboratorial.

Por meio das vidrarias o homem consegue analisar as relações entre a estrutura das substâncias e sua reatividade. As vidrarias de laboratórios são fundamentais para executar trabalhos experimentais.

As vidrarias são muito importantes, pois elas facilitam a vida dos pesquisadores. As vidrarias são instrumentos que podem ser fabricados em vidro cristal ou vidro temperado. Os equipamentos são usados para adotar medidas de substâncias e analisar reações químicas.

Entre as vidrarias de laboratórios, podemos citar:

BÉQUER – Recipiente usado para dissolver substâncias

BURETA - Equipamento calibrado usado para medir o volume de líquidos

BALÃO DE DESTILAÇÃO – Equipamento usado em destilações simples ou fracionadas

ERLENMEYER – Utilizado para aquecer líquidos e dissolver substâncias

CONDENSADOR – Usado para condensar vapores

PROVETA – Usado para medição de líquidos

PIPETA VOLUMÉTRICA – Equipamento usado para medir e transferir volume de líquidos

TUBOS DE ENSAIO – Utilizado para realizar reações químicas em pequena escala.





Leia também! Assuntos relevantes.

Detergentes
Os detergentes (por vezes também chamados de lava-louças) são substâncias (também conhecidas como surfactantes) que têm a propriedade química de disso...

Substâncias Inorgânicas
Substâncis inorgânicas são todas aquelas que não são orgânicas: Por exemplo, os minerais. A água é um substância essencial à nossa vida. Está presente...

Características dos Compostos Orgânicos
Na sua grande maioria, os compostos orgânicos possuem exclusivamente ligações covalentes, o que faz deles, portanto, compostos moleculares. Apresentam...

Eletrólise Ígnea
O termo ígnea vem do latim igneu: ardente. A eletrólise ígnea exige eletrodos inertes que possuam elevado ponto de fusão. Geralmente são usados a p...

Eletrólise em solução aquosa
Uma substância qualquer pode gerar íons em solução aquosa. Neste caso, os íons que podem vir a sofrer eletrólise podem se originar dessa substância ou...

Substâncias Compostas
As substâncias açúcar e álcool são formadas pela reunião de mais de um tipo de átomo: hidrogênio, oxigênio e carbono. As substâncias formadas por ...

Carvão Mineral
Dos diversos combustíveis produzidos e conservados pela natureza sob a forma fossilizada, acredita-se o carvão mineral, o mais abundante. DESCOBE...

Química Clássica
A química começa a se constituir como ciência a partir do século XVII. A aplicação do método experimental e o aperfeiçoamento dos instrumentos de medi...

Tipos de Radiação
Temos três tipos de radiação: a alfa, a beta e a gama, que foram identificadas respectivamente por Becquerel, Ernest Rutherford e Marie e Pierre Curie...

Distribuição Eletrônica
CAMADA DE VALÊNCIA - Corresponde a última camada com elétrons de um átomo. ELÉTRON DIFERENCIAL - É o último elétron a entrar no subnível mais en...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2016 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados