Vidrarias em laboratórios e sua importância


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Vidrarias em laboratórios e sua importância

Por Grupo Escolar

As vidrarias de laboratórios são fundamentais para os estudos da química, ciência puramente experimental. Na química, estudamos as diversas transformações de substâncias e, para ajudar nessa missão, temos vários tipos de vidrarias que facilitam os estudos e as análises em ambiente laboratorial.

Por meio das vidrarias o homem consegue analisar as relações entre a estrutura das substâncias e sua reatividade. As vidrarias de laboratórios são fundamentais para executar trabalhos experimentais.

As vidrarias são muito importantes, pois elas facilitam a vida dos pesquisadores. As vidrarias são instrumentos que podem ser fabricados em vidro cristal ou vidro temperado. Os equipamentos são usados para adotar medidas de substâncias e analisar reações químicas.

Entre as vidrarias de laboratórios, podemos citar:

BÉQUER – Recipiente usado para dissolver substâncias

BURETA - Equipamento calibrado usado para medir o volume de líquidos

BALÃO DE DESTILAÇÃO – Equipamento usado em destilações simples ou fracionadas

ERLENMEYER – Utilizado para aquecer líquidos e dissolver substâncias

CONDENSADOR – Usado para condensar vapores

PROVETA – Usado para medição de líquidos

PIPETA VOLUMÉTRICA – Equipamento usado para medir e transferir volume de líquidos

TUBOS DE ENSAIO – Utilizado para realizar reações químicas em pequena escala.






Leia também! Assuntos relevantes.

Capilaridade
Quando um tubo de vidro de pequeno diâmetro é imerso verticalmente num recipiente, o líquido sobe pelo interior do tubo, até certo nível, que pode se ...

Dióxido de Carbono
O dióxido de carbono é um elemento químico que foi descoberto pelo pesquisador, físico e químico escocês, Joseph Black. A substância tem fórmula quími...

Ferro
O nome "ferro" deriva do latim "ferrum", enquanto o anglo-saxónico "iron" tem origem no escandinavo "iarn". Muitas histórias fabulosas se contaram...

Estequiometria: Alguns conceitos básicos
Podemos definir estequiometria como a parte da química que estuda e analisa as relações quantitativas entre os elementos que se combinam para formar u...

Plutônio
História O plutônio, cujo nome deriva do planeta Plutão, foi o segundo elemento transuraniano a ser descoberto; o isótopo Pu 238 foi produzido em 194...

Catalase
A catalase também pode ser chamada de hidroperoxidase. Trata-se de uma enzima intracelular capaz de decompor o peróxido de hidrogênio (H2O2). Essa rea...

Alcenos
Também conhecidos como hidrocarbonetos etilênicos ou olefinas, os alcenos são compostos formados exclusivamente por carbono e hidrogênio. O que os dif...

Diodo
Um díodo é um componente de larga utilização na eletrônica. Antigamente os díodos eram válvulas (um componente com o aspecto de uma lâmpada). Quand...

Fórmula do CAL
O cal é o famoso óxido de cálcio, também chamado de cal hidratada, cal apagada e cal extinta. Esse produto químico tem a fórmula: Ca(OH)2. O cal é...

Óxidos
Os óxidos são compostos binários, isto é, são substâncias formadas pela combinação de dois elementos. Um desses elementos é sempre o oxigênio (O). •...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2016 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados