Padre Antonio Vieira (1608-1697)

Padre Antonio Vieira (1608-1697)

Por

O Padre Antonio Vieira foi um jesuíta nascido em 6 de fevereiro de 1608, em Lisboa. Ele se destacou como um dos mais influentes homens de seu século no cenário político português.

Em 1609, seu pai se mudou para o Brasil onde assumiu um cargo de escrivão em Salvador. Já em 1614, ele resolveu trazer toda a família para o Brasil, quando Antônio Vieira tinha apenas 6 anos de idade.

Antônio estudou na escola de jesuítas de Salvador, juntando-se a Companhia de Jesus como noviço em maio de 1623.

Em 1624, quando os holandeses invadiram a Bahia, Vieira se refugiou no interior, onde começou seus impulsos missionários. Um ano depois tomou os votos de castidade, pobreza e obediência, abandonando o noviciado.

Padre Antonio Vieira estudou teologia, lógica, física, metafísica, matemática e economia. Em 1634, após ter sido professor de retórica em Olinda, ele se ordenou.

Em 1641 ele começou uma carreira com diplomacia de Portugal. Vieira sempre foi defensor dos judeus. Em 1644 ele deixou Portugal como embaixador para negociar com a Holanda a devolução do Nordeste brasileiro à coroa portuguesa.

A Inquisição chegou a prender o padre Antonio Vieira, mas ele não ficou muito tempo preso. Em 1675 ele foi absolvido totalmente pela Inquisição.

No começo de 1681 volta ao Brasil para pregar. Vieira morreu em 17 de junho de 1697.

Ele deixou uma obra complexa que exprime suas opiniões políticas.

Juliana Miranda do GrupoEscolar.com

Leia também! Assuntos relevantes