Echinodermata (Equinodermos)

Echinodermata (Equinodermos)

Por

Echinodermata é uma classificação dos seres vivos, segundo a biologia. O filo Echinodermata tem cerca de 7.000 espécies distribuídas em cinco classes.

O nome desse grupo é derivado de duas palavras gregas: echinos, que significa espinho, e derma, que significa pele.

Os Echinodermatas, ou equinodermos, compreendem todos os animais marinhos invertebrados que são cobertos por espinhos, ou por um endoesqueleto calcário, por exemplo: a estrela-do-mar, o ouriço-do-mar, entre outros.

Estes animais não apresentam muita evolução. Eles têm sistema nervoso reduzido, não possuem qualquer tipo de órgão sensorial especializado, e, em sua maioria, têm o corpo com simetria radial, com partes iguais que se juntam ao eixo central.

Todos os representantes do filo são de vida livre, sendo raras as espécies comensais. Muitos são adaptados para se fixar a espaços rochosos. Veja abaixo as cinco categorias dos equinodermos:

Echinoidea - corpo quase esférico, com espinhos grandes e móveis. Ex: ouriços;

Asteroidea - corpo estrelado, com cinco ou mais braços; espinhos pequenos e fixos. Ex: estrelas-do-mar;

Crinoidea - corpo estrelado, com braços ramificados; sem espinhos. Ex: lírios-do-mar;

Holothuroidea - corpo cilíndrico e sem espinhos; ausência de braços. Ex: pepinos-do-mar;

Ophiuroidea - corpo estrelado, com disco central bem delimitado; espinhos curtos ou longos situados nos braços. Ex: Serpentes do Mar.

Juliana Miranda do GrupoEscolar.com

Leia também! Assuntos relevantes