Cultura Indígena e Africana

Cultura Indígena e Africana

Por

O Brasil tem uma história marcada por uma grande contribuição da cultura indígena e africana. A identidade nacional do povo brasileiro passa por estas duas etnias.

Nosso país tem a maior população de origem africana fora da África. Por isso, a influência africana pode ser vista nas músicas, religiões e manifestações culturais do povo brasileiro. A cultura negra é forte principalmente na região nordeste do Brasil.

O movimento afro-brasileiro é resultado da miscigenação dos povos. A cultura africana foi incorporada no Brasil a partir do século XIX, com destaque para a prática da capoeira e para as manifestações e rituais religiosos.

O samba, principal ritmo brasileiro, tem grande contribuição e influência da cultura africana, sendo uma das primeiras adaptações dos cantos tribais dos primeiros escravos que chegaram ao Brasil. A capoeira, um tipo de dança e luta de origem negra, foi proibida no Brasil por muitos anos, mas se tornou parte importante da cultura do país em 1930, sendo considerada nos dias de hoje como um esporte verdadeiramente nacional.

Na religião, a grande influência está no Candomblé, que teve origem na África. Já na culinária, a cultura africana é vista em pratos como o vatapá, o acarajé, o caruru, a feijoada, o sarapatel, entre outros.

Agora, no que diz respeito à influência indígena, a herança cultural brasileira pode ser vista no folclore, nas lendas com personagens da floresta, no artesanato, no idioma, nas técnicas de plantio de baixo impacto ambiental, no conhecimento sobre as plantas e suas características medicinais e na alimentação.

Leia também! Assuntos relevantes