Chegada da Família Real ao Brasil

Chegada da Família Real ao Brasil

A chegada da Família Real ao Brasil - 1808
Tratado de Methuen ( Panos e Vinhos )

1808 - Chegada da Família Real ao Brasil

Abertura dos portos às Nações Amigas - Ruptura do Pacto Colonial.

Capitalizar a economia inglesa - Vencer Napoleão.

Adquiriu maior mercado consumidor de produtos das Américas.

Os laços coloniais entre a Inglaterra e os Estados Unidos foram rompidos. Por isto é que a Inglaterra volta-se para o Brasil, transformando em um novo mercado consumidor de seus produtos "industrializados".


Medidas Joaninas:
1.Fundação do Banco do Povo (Banco do Brasil):
Quando a Família Real volta para Portugal, leva consigo todo o dinheiro contido no banco;

2.Instalação da Família Real e da Corte Portuguesa.
Surgimento de fábricas de tecidos, salitre, implementos, roupas, sapatos, vinhos, etc.

3.Formação do Jardim Botânico;

4.Instalações de Faculdades;

5.Urbanização das cidades do Rio de Janeiro e Salvador;

6.Missões artísticas: Rugendas, Gadner, Mathius, Debrey;


Fim das Guerras Napoleônicas:
Congresso de Viena - Santa Aliança;
Reorganização do mapa geográfico, dos limites territoriais, da forma que era antes da Era Napoleônica.
Brasil: É elevado à condição de Reino Unido de Portugal e Algarves.
Inversão: O Brasil é o centro das decisões e administração do Império Português.

Diplomacia: Tratado de 1810.
Aliança e amizade.

Comércio e Navegação:
# Tarifas Alfandegárias:

* Inglaterra: 15%

* Portugal: 16%

* Outros países: 26%

*A Revolução Liberal do Porto - 1820
Foi a reação da burguesia lusa e reivindicação contra o poderio inglês no Brasil.
Exigências:
- Retorno imediato da Família Real a Portugal;
- Juramento da Carta Constitucional;
- Retorno imediato do Brasil à condição de colônia;


Fonte:
http://www.estudanet.hpg.ig.com.br/chg-famreal-brasil.htm

Leia também! Assuntos relevantes