Unidades de Concentração das Soluções


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Unidades de Concentração das Soluções

Concentração Comum (C) ou Concentração massa/volume: é a razão estabelecida entre a massa do soluto (m1) e o volume da solução (V);

Geralmente: soluto (g) e solvente em (L), logo: C=g/L


Unidade: g/L

Obs.: kL - hL - daL - L - dL - cL - mL (nova representação para os múltiplos e submúltiplos do litro (L))



Título em Massa (T) ou concentração massa/massa: é a razão estabelecida entre a massa do soluto (m1) e a massa da solução (m), ambas na mesma unidade (geralmente em gramas);


Obs.: 0 < T < 1

Obs.: Título percentual (T%): T% = Tx100

Obs.: O título não possui unidade

Obs.: Para soluções onde a concentração é muito pequena, ou seja, para soluções muito diluídas, a concentração costuma ser expressa em partes por milhão ou ppm:




Título em Volume (Tv) ou concentração volume/volume: é a razão estabelecida entre volume do soluto (V1) e o volume da solução (V), ambos na mesma unidade;


Obs.: 0 < Tv < 1

Obs.: Título percentual (Tv%): Tv% = Tv x 100

Obs.: Para soluções onde a concentração é muito pequena, ou seja, para soluções muito diluídas, a concentração costuma ser expressa em partes por milhão ou ppm:

Obs.: 1cm3 = 1mL; 1dm3 = 1L; 1000L = 1m3;

Obs.: O título em volume não possui unidade



Densidade absoluta (d): é a razão estabelecida entre a massa da solução (m) e o volume (V) dessa solução;


Unidade: g/mL = g/cm3; g/L = g/m3;

Obs.: para se passar de g/mL para g/L (multiplica-se a densidade por 1000) e para se passar de g/L para g/mL (divide-se a densidade por 1000)

Obs.: volume e densidade devem estar nas mesmas unidades;

Obs.: Como a densidade da água é igual a 1g/mL temos: 1 mL de água = 1g de água; 1L de água é igual a 1Kg de água...Cuidado essas relações só são válidas para a água devido a sua densidade ser igual a 1g/mL.



Fração molar ou concentração em quantidade de matéria/quantidade de matéria:

Fração Molar do Soluto (x1):
é a razão estabelecida entre o número de mols de moléculas do soluto (n1) e o número de mols de moléculas da solução (n).


Fração Molar do Solvente (x2): é a razão estabelecida entre o número de mols de moléculas do solvente (n2) e o número de mols de moléculas da solução (n).


Obs.: x1 + x2 = 1

Obs.: A Fração molar não possui unidade



Concentração Molar ou Molaridade (M) ou Concentração em quantidade de matéria/volume ou concentração mol/L: é a razão estabelecida entre o número de mols de moléculas do soluto (n1) e o volume da solução (V), em litros;


Obs.: Número de mols do soluto (n1) é a razão entre a massa do soluto (m1) e a massa molar desse soluto (M1).

Unidade: mol/L ou M ou molar escritas após o valor numérico da concentração;

Obs.: Cuidado com os vários tipos de "m" usados até aqui!!! Revisando:

m1 = massa do soluto

m2 = massa do solvente

m = massa da solução

M1 = massa molar do soluto

M = molaridade

Obs.: tudo que possui o índice "1" refere-se ao soluto, tudo que possui o índice "2" refere-se ao solvente e tudo que não possui índice refere-se a solução, assim temos:

n1 = número de mols de moléculas do soluto

n2 = número de mols de moléculas do solvente

n = número de mols de moléculas da solução

C= concentração comum da solução



Concentração Molal ou concentração quantidade de matéria/massa (W): é a razão estabelecida entre o número de mols de moléculas do soluto e a massa, em quilogramas, do solvente;


Unidade: mol/kg ou molal

Obs.: Numa solução aquosa diluída, 1L de solução contém aproximadamente 1L de água, ou seja, 1Kg de água. Dessa forma o número de mols de soluto por litro de solução (molaridade) é aproximadamente igual ao número de mols do soluto por quilograma de água (molalidade).



Fonte:
http://www.netvestibulando.hpg.ig.com.br/quiconcentracaodassolucoes.htm




Leia também! Assuntos relevantes.

As Transformações da Matéria
As transformações da matéria podem ser físicas e químicas. -> As transformações físicas não alteram a identidade das substâncias. Por exemplo, o chum...

Halogênios
Os halogênios são elementos do grupo 7. Eles são o flúor, o cloro, o bromo, o iodo e o astato. Estes elementos possuem tal poder de reação que...

Tipos de Misturas
As misturas podem ser Homogênea ou Heterogênea. São classificadas de acordo com com o número de fases. Fases são os aspectos que podemos observar o...

Alcadienos em nossa vida
Os alcadienos são hidrocarbonetos, ou seja, compostos químicos formados por átomos de carbono. Estes compostos estão presentes em diversos óleos de es...

Função Ácido
Consiste as seguintes substâncias: ácidos súlfurico, H2SO4; ácido nítrico, HNO3; ácido clorídrico, HCL; ácido sulfídrico, H2S. Todos esses ácidos p...

O que é um Átomo?
O átomo é uma partícula fundamental da matéria. Esse termo foi criado pelo filósofo grego Demócrito, que acreditava que toda a matéria era constituída...

Fórmula do CAL
O cal é o famoso óxido de cálcio, também chamado de cal hidratada, cal apagada e cal extinta. Esse produto químico tem a fórmula: Ca(OH)2. O cal é...

Alcanos
Também conhecidos como hidrocarbonetos parafínicos ou parafinas, os alcanos são compostos que se constituem exclusivamente de carbono e hidrogênio, fo...

Catálise
CATÁLISE É uma reação que envolve a presença de um catalisador Catalisador É uma substância que abaixa a energia de ativação de uma reação, aumen...

Hidrocarbonetos
Hidrocarbonetos são compostos formados exclusivamente de carbono e hidrogênio, que também são chamados hidrocarburetos, carboidretos, carbetos, carbur...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2015 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados