O Avião


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


O Avião

Por Eduardo da Silveira

O avião um dos meios de transporte mais procurados hoje em dia, devido a sua rapidez e segurança. Ele possui uma história muito grande, e foi algo que não só Santos Dumont conseguiu o inventar, ele dependeu das bases do passado. Sua história possui grandes desenvolvimento e alguns topeços.

O avião demorou séculos para ser construído houve pessoas como Leonardo Da Vinci que no século XV pensavam que essa máquina voadora era semelhante a um pássaro e acabaram, tentando voar construindo máquinas semelhantes a um pássaro.

Desde o século XIX muitos inventores com base no passado, tentaram praticar um vôo com um aparelho mais pesado do que o ar, ao contrário dos balões, que são mais leves do que o ar. Os balões se sustentam na atmosfera por causa dá menor densidade de gás em seu interior. Ao contrário dos Aviões que precisam de um meio mecânico de sustentação.

Alberto Santos Dumont no dia 23 de Outubro de 1906, na presença de inúmeras testemunhas realizou um vôo com um aparelho mais pesado do que o ar, o “14 bis”. Porém muitos aviadores dizem que fizeram o primeiro vôo antes de Santos Dumont, são eles: Gabriel Voisin, Louis Blériott, Wilbur e Orville Wright (os irmãos Wright), Trajan Vuia e Herry Ferman.

A partir dá primeira guerra mundial a aviação passou por transformações, com o uso de armas e poder ofensivo. E é também nesse período que Santos Dumont se mata, após ver seu invento sendo usado para matar, sendo que ele criou o avião para ser usado no bem dá humanidade.

Em junho de 1928, Amélia Earhart juntamente com 2 outros pilotos, fez o primeiro vôo com uma mulher sobre um avião, já em 1932 ela faria a travessia do Atlântico sozinha.

Em 1931 Wiley Post e Hard Gody fizeram a primeira viajem rápida ao redor do mundo, no monoplano “Winnie”, percorrendo 15.479 milhas em 8 dias e 16 horas.

O avião tornou-se o principal meio de transporte após a segunda guerra mundial, fazendo aviões cada vez maiores e mais velozes.

Na década de 70 surge o Boing 747, capaz de transportar 400 passageiros por até 200.000 km. Em 1976 é inaugurado o percurso rio- paris em cerca de 7 horas de vôo e também é inaugurara a primeira linha regular.

A aviação Civil Brasileira começa com o vôo de Edmund Plauschut em 22 de Outubro de 1911 ele que fora mecânico de Santos Dumont em Paris, decolou na praça Mauá e voou sobre a Avenida Central a altura de 80 metros.

Em 17 de Junho de 1922 Gagá Coutinho e Sacadura Cabral chegam do Brasil concluindo seu vôo pioneiro dá Europa á América do Sul.

Iniciou-se a Aviação Comercial Brasileira em 1927, pela primeira empresa a transportar passageiros a Condor Syndikat, que era uma companhia Alemã.

O Avião hoje em dia, auxilia muito em várias áreas como por exemplo, na agricultura, operações de salvamento, transporte de correspondência, ajuda também na medicina, ajuda nas explorações geográficas, na meteorologia, além de ser um rápido meio de transporte.

Um vôo certamente é muito seguro, mas, acontecem muitos acidentes, de grandes conseqüências ou de pequenas conseqüências. Com grande números de vôos e grandes extensões a percorrer, o problema exigiu providencias definitivas. Hoje a segurança do vôo é regulado por princípios técnicos e controlada por órgãos oficiais, visando a prevenir acidentes.

A maioria dos Acidentes apesar do alto gabarito do pessoal aeronavegante, é atribuída a falhas pessoais: Más condições físicas, erros de julgamento e de interpretação, desobediência a ordem do controle de tráfego, imprudências, e etc..

Há uma organização internacional chamada OIAC (organização internacional de aviação civil) que possui o fim de uniformizar os serviços de proteção ao vôo. O órgão legislativo dá OIAC é a assembléia geral, integrada pelos delegados dos países membros.

O avião funciona através dá atuação em conjunto de quatro forças físicas: Arrasto, peso ou gravidade, sustentação e tração. Essas forças no avião são explicadas pelos princípios dá terceira lei de Newton e pelo teorema de Bernolle.

A terceira lei de Newton chamada ação e reação, estabelece que toda ação corresponde a uma reação de igual intensidade e em direção oposta.

Em quanto o teorema estabelece que quanto maior for a velocidade maior será a pressão dinâmica e menor será a pressão estática. Esses princípios atuam o avião de uma forma simples: como a asa do avião é um plano inclinado, no seu deslocamento ela exerce uma pressão sobre o ar, impulsionando-o para baixo; o ar, reagindo, empulsiona a asa para cima e com o aumento da velocidade ocasionado pelos motores a uma redução na pressão estática e consequentemente um aumento na pressão dinâmica, fazendo com que o avião decole. A sustentação do avião durante o vôo é estabelecida pelos filetes de ar, que se movimenta por sobre a superfície curva superior dá asa percorrendo um caminho maior do que os que passa pela superfície achatada inferior. O ar desloca-se com maior velocidade por cima do que por baixo dá asa exercendo uma menor pressão para baixo.

Todo avião compõe-se e essencialmente das seguintes partes: Asa, Fuselagem, Empenagem, Trem de Pouso, Grupo Motoprocursor, Superfície de Controle, Comandos de vôo, instrumentos e equipamentos auxiliares.

A asa proporciona a sustentação, suportando o avião em vôo. A fuzelagem é o corpo do Avião, onde se aloja os ocupantes carga. Contém a cabine de comando, onde ficam situados os comandos de vôo e o motor (nos aviões monomotores), assim como os painéis de instrumentos. A empenagem é o conjunto dá calda, formados pelos estabilizadores, vertical e horizontal e superfícies de controle a eles presos; Proporciona a estabilidade do avião em vôo. O trem de pouso é a parte do avião destinada a suporta-la sobre terra, água ou neve. Consta de rodas com pneus flutuadores ou patins montados nas extremidades de amortecedores, que absorvem os choques oriundos das manobras na superfície. O grupo Motoprocursor, que produz a tração necessária para vencer a resistência do ar, consiste no motor ou motores, hélice ou hélices (se houver), acessórios tais como carburadores e bombas de gasolina, tanques e tubulações de combustível e óleo.

Entrevistamos o aviador Milton Tadeu Ferreira que tem 42 anos, que fez o curso na academia matogrossense de pilotagem (amapil), a 10 anos trabalha com aviação e escolheu essa profissão por gosto pessoal , ele disse na entrevista que:

O avião tem se modificado muito dos tempos para cá, principalmente nos materiais que hoje estão sendo usados na sua construção e a parte da tecnologia de um avião para outro.

Para voar são precisos 2 documentos fundamentais: Certificado de Habilitação Técnica (CTH) e o Certificado de Capacidade Física (CCF).

Ele também disse que existem algumas diferenças entre um avião e outro, que são a capacidade de passageiros, número de motores e a tecnologia de sua construção.

Ele já pilotou um Helicóptero, acompanhado do piloto titular, e é uma pilotagem totalmente diferente de a de um avião.

Fomos também ao aeroporto de Dourados onde entrevistamos Ovideo Souza de Oliveira, o nome do aeroporto “Aeroporto Francisco Matos Pereira”, foi fundado no dia 13 de novembro de 1982, existem mais ou menos 11 aviões ali e esse aeroporto opera com aviões de no máximo 28 toneladas.

Existe um vôo diário das linhas aéreas Pantanal, que hoje é a única empresa que faz o transporte de passageiros de Dourados até São Paulo (por exemplo) inclusive esse trecho está custando 385,00 reais. Os trechos mais procurados são Dourados a Ponta Porã, Dourados a Presidente Prudente, Dourados a São Paulo.

O avião mais antigo é o CAP-4 (Cia Aeronáutica Paulista). E o avião por Lei deve manter a manutenção de 50 a 50 horas de funcionamento, ou seja, de vôo. A verba que para a construção do Aeroporto vem do Ministério da Aeronáutica.

A pista do aeroporto tem 1.610m de comprimento, com mais 340m de recuo (onde os passageiros embarcam), a área total é de 360 hectares e a única escola de aviação de Dourados está localizada neste aeroporto.

Esse aeroporto de localiza na BR 436 km 14, o telefone é 422-0881.





Saiba mais

Buscas relacionadas a O Avião em Fatos Gerais.


[ Pesquisa escolar lida 32990 Vezes - Categoria: Fatos Gerais ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Leonardo da Vinci (1452 - 1519)
Leonardo nasceu a 15 de Abril de 1452, na pequena cidade de Vinci, perto de Florença, centro intelectual e científico da Itália. O seu talento artísti...
Lido: 13710 Vezes

Santos Dumont (1873-1932)
(Aeronauta brasileiro) 23-7-1873, Palmira (MG) 23-7-1932, Guarujá (SP) Primeiro aeronauta a alcançar a dirigibilidade dos balões e a voar num ap...
Lido: 30747 Vezes

Sugestão de Busca Escolar

Sites

Encceja
Enem
SISU
Prouni
Paixão e Amor
Curiosidades
Relacionamento

Fale Conosco
Feed / RSS

Comunidade no Google +
Comunidade no Twitter


Novidades no seu e-mail

Estudantes Online
Sobre o Grupo Escolar

GrupoEscolar.com - Todos direitos reservados

Todo o conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado pelos estudantes.

Caso algum conteúdo infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos o mesmo.

As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade dos seus autores.

Somos apenas um veículo de comunicação e não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.