Energia Potencial Elástica

A energia potencial elástica está presente em diversos sistemas, como em cordas e molas, por exemplo. Essa é uma energia que possui elasticidade e um comportamento bastante específico.

Neste tipo de sistema, a energia que a mola recebe para empregar em seu processo de deformação é armazenada. Com isso, criam-se as variáveis X, que tem relação com a contração ou distensão sofrida pela mola; e K, que é a constante elástica.

A equação da energia potencial elástica mostra que quanto maior for a deformação de uma mola, maior será o trabalho para alcançar essa deformação, ou seja, mais energia será necessária e armazenada.

Elástico

A energia potencial elástica está justamente relacionada a esta deformação. Ela corresponde à força elástica (variável). Sendo assim, qualquer energia de deformação de um corpo receberá a denominação de energia potencial elástica. Esta energia é calculada com a seguinte expressão: Epe = k⋅ x22, onde k é a constante elástica da mola e x a deformação.


Mais sobre Energia Potencial Elástica

A energia potencial elástica pode estar presente em molas comprimidas ou esticadas. Esse trabalho para deformar a mola pode ser observado em qualquer experimento simples. É importante reparar que quando soltamos a mola, ela começa a se movimentar, por meio da energia cinética. Em seguida, ela retorna para a posição original.

A energia potencial é a capacidade de realizar um determinado trabalho. Este conceito é estudado na área da mecânica.

A energia relacionada ao trabalho da força elástica é a energia potencial elástica. A expressão matemática da energia potencial elástica está relacionada à Lei de Hooke: Fel = k.x.


Conceitos importantes:

Molas, compressão

Fel: energia potencial elástica;

k: constante elástica da mola;

x: deformação da mola.

Também é importante ressaltar que a mola, quando esticada ou comprimida, tem energia potencial armazenada e, por isso, ela possui a capacidade de promover um trabalho.

Este conteúdo é muito importante na Física e, por isso, é bastante cobrado no Enem e em vestibulares. Vale a pena estudar com atenção e tirar as dúvidas com o professor da disciplina.

Leia também! Assuntos relevantes