Distrofias Musculares Progressivas (DMP)

Distrofias Musculares Progressivas (DMP)

Por

As distrofias musculares progressivas (DMP) englobam diversas doenças que comprometem os músculos, causando fraqueza, desordens e atrofias musculares. Estas doenças apresentam várias causas clínicas e genéticas, e podem se manifestar na fase infantil ou adulta.

Em alguns casos, a progressão da doença é rápida. Existem mais de 30 tipos conhecidos de distrofias musculares. As enfermidades podem acometer apenas os homens ou ambos os sexos.

As doenças mais comuns são: Distrofia Muscular de Duchenne, Distrofia Muscular de Becker, Distrofia Muscular do tipo Cinturas, Distrofia Muscular Facio-Escápulo-Umeral, Distrofia Muscular Miotônia ou de Steinert e Distrofia Muscular Congênita.

De uma forma geral, as Distrofias Musculares Progressivas (DMP) resultam na degeneração progressiva do tecido muscular. Existem tipos mais graves e formas mais leves da doença, mas todas comprometem a musculatura.

Certas distrofias estão relacionadas a alterações em genes, à baixa produção de proteínas essenciais para o desenvolvimento da musculatura e a alguns tipos de doenças assintomáticas. Nos homens, as distrofias se manifestam como uma herança genética recessiva.

O diagnóstico destas doenças é feito com um exame de sangue para a análise do DNA e uma biópsia do músculo. O tratamento das doenças é baseado em corticoides que tentam restabelecer um pouco da força muscular e em terapias genéticas inovadoras.

Leia também! Assuntos relevantes