Tudo o que você deve saber sobre Suicídio

O suicídio é a morte intencional, provocada pela própria pessoa. Em outras palavras, é quando alguém atenta contra a própria vida e morre em decorrência disso. Existem muitas formas de suicídio, entre elas envenenamento, enforcamento, asfixia, afogamento, uso de armas de fogo, entre outras maneiras.


Suicídio e a Baleia Azul

Baleia Azul é um jogo muito popular entre os jovens, espalhado pela internet e que estimula a automutilação e o suicídio. Neste desafio, de origem russa, 50 pessoas receberiam ordens de administradores de grupos no Whatsapp durante um dia todo. Neste dia, os participantes teriam que realizar diversas tarefas perigosas, entre elas muitas que colocam os jogadores em risco de suicídio.

No Brasil, casos de vítimas deste game teriam sido registrados na Paraíba, Mato Grosso e Minas Gerais. No mundo, diversos países registraram o problema, entre eles Argentina, Rússia, Paraguai, Portugal, Itália e Venezuela.


Como o suicídio é tratado nas escolas?

Tudo indica que o suicídio ainda é um tema “tabu” nas escolas públicas e particulares. Embora seja possível encontrar algumas escolas que foram mais ousadas e trabalharam o tema com os alunos, sempre com objetivo de prevenção, não existe até agora uma diretriz nacional para a abordagem do suicídio entre os jovens, inclusive em decorrência de abusos da internet, como acontece com o jogo Baleia Azul.


Como prevenir o suicídio?

O suicídio pode ser prevenido com informação e ajuda médica. Normalmente, ele está ligado a problemas de saúde e transtornos psicológicos como depressão, fobia, transtorno bipolar e desespero.

Os suicidas experimentam sensação de estar sem saída e, na maioria dos casos, já fizeram algumas tentativas frustradas. Ajuda médica é fundamental para controle da doença psíquica que pode levar ao suicídio, assim como acompanhamento psicológico. É muito importante que potenciais suicidas sejam observados por familiares e que o acesso aos meios letais seja restrito a essas pessoas.

Também é comum o suicídio por problemas financeiros. Em todos os casos, é preciso oferecer à pessoa com problemas novos caminhos e posturas de vida que representem esperança.

Tentativa de overdose


Qual a ligação do suicídio, depressão e outros problemas psicológicos?

Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 90% dos casos de suicídio estariam ligados a problemas mentais e transtornos psicológicos como depressão, alcoolismo, abuso de drogas, esquizofrenia e transtorno de personalidade. De acordo com médicos psiquiatras, os transtornos afetam profundamente o senso de realidade dos pacientes e muitos acabam se matando.

Ilustração pessoa querendo se jogar do prédio


Existem programas governamentais para suicídio?

Atualmente, não existe um programa federal de conscientização e combate ao suicídio. Porém, em 2018, o Governo Federal estabeleceu uma parceria de suporte telefônico com o CVV – Centro de Valorização da Vida, um órgão sem fins lucrativos, que atende cerca de 2 milhões de ligações por ano, com a finalidade de evitar com que potenciais suicidas concretizem o ato de atentar contra a própria vida.

Número do telefone da CVV: 188.


Suicídio em números

Estima-se que 1,4% das mortes registradas no mundo inteiro, todos os anos, aconteçam em decorrência de suicídio. Estes dados em outros números representam 12 a cada 100 mil pessoas.

O último estudo mais denso no Brasil foi realizado pelo Ministério da Saúde entre 2011 e 2015. Nele, é possível observar que, em 2015, 11.736 pessoas tiraram a própria vida. Destes, a maioria foi formada por jovens de 15 a 29 anos.


Outros números chamam bastante a atenção:


Cemitério

  • Homens representam a maioria das pessoas que se suicidam, 79%;
  • 60,4% dessas pessoas são divorciadas, viúvas ou solteiras;
  • Enforcamento foi o método mais utilizado por homens (66%) e mulheres (47%).


Ligação para prevenção ao suicídio

Pessoas de todo o Brasil podem ligar para o CVV – Centro de Valorização da Vida. O atendimento é feito por voluntários que passam por treinamento de pelo menos 3 meses. Com este serviço, o Ministério da Saúde acredita que os casos de morte por suicídio possam diminuir em até 10% até 2020. O telefone é 188.

Leia também! Assuntos relevantes