Os Sentidos dos Seres Humanos

Ao todo, cinco sentidos existem no corpo humano. São eles: visão, audição, paladar, olfato e tato. Eles compõem o nosso sistema sensorial, do qual precisamos para receber, analisar e processar informações em nosso meio ambiente.

Os sentidos estão diretamente ligados aos órgãos do nosso corpo, como boca, nariz, ouvido, mãos e olhos. Usando-os, podemos perceber o mundo, identificar perigos, conseguir alimento e obter outras informações importantes para a nossa sobrevivência.

Mais informações sobre cada um dos sentidos do corpo humano estão abaixo. Confira!

Todos os sentidos do Corpo Humano

Visão

Nós podemos enxergar através dos olhos. São eles os responsáveis pela recepção de imagens para envio ao cérebro, que codifica estas informações conforme o formato e cores que elas possuem. A visão chega ao nosso corpo através de energia luminosa. Toda luz é controlada pela pupila, sendo que a decodificação da imagem é feita apenas pelo cérebro. Em outras palavras, os olhos recebem a luz da imagem, mas somente o cérebro é capaz de criar o formato correspondente a cada visão.

A estrutura dos nossos olhos pode variar de acordo com a luminosidade do ambiente, como a dilatação das pupilas. A perda parcial ou total da visão causa diversos prejuízos para o cotidiano do ser humano, principalmente até ele se acostumar e aprender a se reorganizar apenas com os sentidos restantes.

Leia Mais: Doenças que afetam a visão


Olfato

O cheiro e o odor de coisas e seres que fazem parte do mundo são captados pelo nosso nariz. Assim que essas informações são assimiladas pelo órgão, são enviadas ao cérebro, que tem a função de interpretá-las.

A mucosa olfatória faz a recepção de partículas de alimentos, flores, perfumes, odores, hormônios. O cheiro também é essencial para nossa sobrevivência, proteção e novas experiências.

Por exemplo: o cheiro de fumaça é interpretado por perigo, já que pode haver fogo por perto e é necessário se proteger, assim como o cheiro de um alimento sendo preparado pode abrir o apetite e, com certeza, transforma para melhor a experiência de degustar uma deliciosa comida.

Leia Mais: Doenças que afetam o olfato

Detecção de odores

Paladar

A boca e a língua são responsáveis pelo sentido do paladar, principalmente pela separação de sabores entre amargo, azedo, doce e salgado. A própria língua é compartimentada, com uma área mais sensível para cada um destes sabores. Outra informação importante que é captada pela boca/língua é a temperatura, quente ou fria. Mais uma vez, estas informações são recebidas pelo órgão de acesso e decodificadas pelo cérebro. É importante destacar que, mesmo com olhos cerrados e nariz tapado, somos capazes de identificar algum sabor através do contato de partículas com nossas papilas gustativas.

Leia Mais: Doenças que afetam o paladar


Audição

Nós conseguimos escutar sons através dos nossos ouvidos. Este sentido é muito importante para proteção e para nos situar no ambiente: percebemos ruídos, barulhos intensos, alarmes, gritos e músicas lindas. É claro que a interpretação é feita pelo cérebro, que vai definir se uma onda sonora simboliza perigo ou conforto.

As nossas duas orelhas fazem muita diferença para este sentido. Como são 2, localizadas uma de cada lado do nosso cérebro, podemos até mesmo identificar a distância aproximada de um som!

As ondas sonoras precisam passar por um longo caminho até chegarem ao centro de comando, o cérebro: são captadas pelas orelhas, as ondas sonoras vibram nossos tímpanos, as vibrações chegam aos nossos ossículos estribo, martelo e bigorna, até alcançar nossos impulsos nervosos.

Leia Mais: Audição


Tato

O tato é obtido pela sensação de tocar algo. Embora esteja muito ligado às mãos, já que elas são nossas ferramentas principais para o tato, o órgão sensorial do tato é toda a pele. Ou seja, podemos sentir quando alguém encosta em nosso braço ou faz um carinho em nosso pescoço.

A pele é repleta de sensores, responsáveis por enviar as informações ao cérebro, que faz a decodificação. O tato é extremamente importante para nosso posicionamento no universo, pois com ele percebemos quente e frio, textura de objetos, experimentamos sensação de dor e também a pressão exercida por um determinado tipo de contato, como quando alguém aperta muito nossa mão ao nos cumprimentar, por exemplo!

Leia Mais: Tato


Veja também:

Sistema Nervoso

Leia também! Assuntos relevantes