Contos de Fantasia - Conto Fantástico

O romance é uma história de ficção que tem uma longa extensão, enquanto o conto é uma história fictícia menor. Os contos fantásticos são elaborados com histórias imaginadas e os acontecimentos seguem um rumo no sentido do irreal, atingindo uma dimensão bastante específica, longe da realidade.

Por isso, os contos de fantasia possuem uma trama que une fantasia com realidade, esbarrando no absurdo, com muitos mistérios e fatos sem explicações, sendo estes elementos bastante característicos destes tipos de obras.

O conto fantástico pode até possuir personagens reais, que adotam uma visão mais realista sobre um fato. O leitor conhece os personagens e vários elementos da trama, mas coisas anormais e estranhas acontecem no rumo da história, isso é essencial nos contos de fantasia.


Como é um fato estranho no conto fantástico?

Para identificar um fato estranho em um conto fantástico, basta perceber que ele não corresponde à realidade, não existe racionalidade em seu desenvolvimento. Entre os mais comuns, estão os seguintes:

  • Duplos personagens;
  • Seres inexistentes como vampiros, fantasmas e elfos;
  • Mudança no tempo e espaço da história;
  • Viagens ao passado ou futuro;
  • Portais que levam para outra dimensão;
  • Confusão da realidade;
  • Atmosfera perturbadora.

Assim, nos contos fantásticos existe um mundo estranho, mas que se mostra muito interessante para vários perfis de leitores. Muitos autores criam uma história de fantasia, mas com personagens cotidianos, para que o leitor consiga se aproximar dos personagens, para que exista identificação com eles.

Um dos escritores fantásticos mais conhecidos do mundo é Jorge Luis Borges, um autor argentino que tem histórias fantásticas que abordam elementos bem característicos dos contos de fantasia, tais como:

  • Mistério e enigmas;
  • Mitos;
  • Infinito;
  • Troca de identidade;
  • Entre outros.

Para você conhecer melhor a literatura fantástica, existem vários autores indicados, muito conhecidos e famosos pelos seus trabalhos, como Franz Kafka, Agatha Christie, Henry James, Stephen King, Edgar Allan Poe e muitos outros.

Franz Kafka, por exemplo, na obra “A Metamorfose”, mostra um personagem que é um inseto com características de humano. No conto, o personagem precisa conviver com seus familiares e, nesta característica da trama, o leitor acaba se identificando com a história.

E assim os escritores criam tramas com elementos do cotidiano, mas com muita fantasia, monstros, mundos paralelos e personagens imateriais.


Características marcantes dos contos de fantasia

Os contos fantásticos possuem características muito marcantes:

  • O fantástico está sempre aliado à realidade de alguma maneira, combinando o plano irreal com o real;
  • Os seres mágicos, folclóricos, invisíveis e mitológicos sempre estão nas obras;
  • É comum existir o extraordinário, sobrenatural e maravilhoso;
  • Muitos personagens possuem poderes sobrenaturais e lidam com magia, de alguma forma;
  • O autor pode ziguezaguear na trama, indo para o futuro, passado e presente;
  • Como o autor rompe com a realidade, o leitor pode sentir estranhamento com a obra.


Veja também:

Principais Gêneros Textuais

Lendas e Parlendas do Folclore