Tudo sobre Bolsa de Valores

A bolsa de valores é o local onde acontecem negociações envolvendo ações, títulos públicos, moedas, títulos de renda fixa, commodities e derivativos financeiros. As bolsas existem nos principais países do mundo e regem o mercado financeiro, organizando todas as negociações entre investidores.

As atividades de uma bolsa de valores precisam acontecer dentro da lei e com um ambiente seguro. Cada bolsa tem a sua plataforma de negociação, onde registra compensações, liquidações, ativos e valores negociados.

As bolsas possuem índices, que são formados pela performance das cotações das ações de algumas empresas importantes. Conforme estes índices variam, o mercado tem parâmetros para a tomada de decisões, conseguindo avaliar o desempenho das ações e demais ativos que estão em negociação.


Principais bolsas do Brasil e do mundo

Bovespa - A principal bolsa do Brasil é a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo). Essa bolsa negocia ações de empresas de capital aberto. A Bovespa existe desde 1890, e está localizada em São Paulo. Em 2008, a Bovespa se uniu à BM&F (bolsa de mercadorias e contratos futuros do Brasil). Dessa forma, surgiu a BMF&Bovespa.

NYSE - New York Stock Exchange - A NYSE é a mais conhecida Bolsa de Valores de Nova Iorque. Ela surgiu em 1792, na região de Wall Street. A bolsa negocia ações das maiores empresas dos Estados Unidos.

NASDAQ - Essa bolsa de valores é eletrônica e foi criada nos Estados Unidos em 1971. Atualmente, é a segunda maior bolsa do mundo, perdendo apenas para a NYSE. As principais ações da NASDAQ são de empresas de alta tecnologia.

Bolsa de Londres - A bolsa de valores de Londres se destaca no mercado financeiro europeu. Ela negocia ações de mais de 2.500 empresas.


Como Funciona

A bolsa de valores funciona como um verdadeiro mercado, no qual investidores e empresas negociam papéis. As relações de compra e venda de ações são constantes.

Para investir na bolsa, é preciso abrir uma conta em uma corretora de investimentos, também conhecida como corretora de valores. Essas instituições são responsáveis por negociar as ações, fundos e títulos.


Quem regulamenta

No Brasil, quem fiscaliza as atividades da bolsa de valores é a Comissão de Valores Mobiliários, criada em 1976. Essa comissão acompanha todas as distribuições de valores mobiliários e regulamenta o funcionamento e a operação da bolsa de valores. A entidade cria normas, fiscaliza e disciplina o mercado financeiro, além de investigar todos os tipos de irregularidades que possam ocorrer neste mercado.


Volume financeiro

A Bovespa encerrou o ano de 2016 com um volume financeiro total de R$ 1,85 trilhão, o que corresponde a um aumento de 10,5% em relação a 2015. Este foi o maior aumento financeiro apurado em um único ano na história da bolsa.

Leia também! Assuntos relevantes